sexta-feira, 5 de junho de 2009

Copa 2014 - Por que eu sou contra?

Tudo muito bonito, aquela festa, bandeiras, alegria, o país do futebol volta a ser o anfitrião.
Mas eu sou contra!
Ponto principal? Desperdício de dinheiro.

Vi algo muito parecido acontecer em Portugal em 2004.
Morei naquele país alguns anos e nessa altura estava lá.
Em 2004 a Eurocopa teve Portugal como sede. Até então o futebol não empolgava tanto o país, até que nosso querido Felipão assumiu a seleção Portuguesa, em 2003, com o intuito de ser campeão do Euro, título que a seleção portuguesa não tem.
O país, puxado pelo nosso Big Phil, ficou tomado pela febre do futebol, foi considerado pela UEFA como o melhor Euro de todos os tempos.
Foram construídos e/ou renovados nada menos que DEZ estádios, em um gasto que chegou a impressionante sigla de 323 milhões de EUROS (para converter, clique aqui).
Como a maioria também sabe, o campeonato nacional Portugues, tem 3 grandes clubes, Benfica, Porto e Sporting. Para terem noção, foram disputados 75 campeonatos, destes 73 estão divididos entre eles (31, 24 e 18 respectivamente) e apenas 2 (DOIS) ficaram com outros clubes.
Então que, dito isso, vamos a uma análise rápida.
10 Estádios:

Estádio do Algarve
- 30.000 - Estádio do Sporting Clube Farense, Portimonense FC e do Louletano Desportos Clube

Estádio Cidade de Coimbra - 30.000 - Estádio da Académica
Estádio D. Afonso Henriques- 30.000 - Estádio do Vitória Sport Club
Estádio da Luz - 65.000 - Estádio do Benfica
Estádio do Bessa Sec XXI - 30.000 - Estádio do Boa Vista
Estádio do Dragão - 50.000 - Estádio do Porto
Estádio Dr. Magalhães Pessoa
- 30.000 - Estádio do União de Leiria
Estádio Alvalade XXI - 50.000 - Estádio do Sporting
Estádio Municipal de Aveiro - 30.000 - Sport Clube Beira Mar
Estádio Municipal de Braga - 30.000 - Sporting Club de Braga

Ou seja, dos 10 estádios, apenas 3 são de grandes clubes. O que aconteceu com os outros 7 estádios? Estão gerando dívidas para suas administrações.
Os estádios são fantásticos, não resta a menor dúvida, mas passado o Euro, alguns recebem shows, campeonatos de atletismo (muito forte lá), eventos, amistosos e só.
Estão lá, como elefantes brancos.

E o mesmo vai acontecer por aqui.
Teremos 12 sedes, onde 4 terão que construir novos estádios.
Vamos a elas:

Manaus: Arena Manaus 42.000
Qual a tradição de Manaus no futebol brasileiro? ZERO.

Brasília: Estádio Nacional 75.000
Como se sabe, Brasília tem uma "tradição" fortíssima no nosso futebol, afinal o Gama foi campeão da Série B em 1998. Só.

Natal: Arena da Dunas 45.000
Preciso comentar sobre o Rio Grande do Norte no nosso Futebol?

Recife: Arena Cidade da Copa 46.000
Esse até que se justificaria se o Sport, Náutico e o Santa Cruz derrubassem aquilo que chamam de estádios e mandassem seus jogos nessa Arena. Fato que não irá acontecer, afinal, como vão ficar sem o temido (para quem?) caldeirão.

Fora o fato de que nosso futebol será tremendamente elitizado, ou acham que um ingresso para a Copa custará R$ 40,00 e R$ 20,00 a meia?
Não, a maior parte dos ingressos vai para agências de turismo que vendem pacotes fechados incluindo hospedagem, viagem e jogos de uma seleção específica (fora alimentação).
Para a Copa de 2010, caso o Brasil chegue até a final, esse pacote custará cerca de U$ 35.000, ou quase R$ 70.000,00. Quase o valor de uma casa.

Após a Copa o que serão desses estádios?
E nosso Palestra Itália? Vai virar Arena e perder o "calor" humano? Cobrarão R$300,00 para uma arquibancada?
Pense no que se tornará o Futebol no Brasil após esse "grande" evento.
E os estádios? Quanto de dinheiro será aplicado e para que?
E as obras que serão feitas? Metros, rodovias, novas ligações, aeroportos...
É muito dinheiro para tão pouco, mas nosso país não tem pobreza, não tem falta de saneamento básico, todos tem faculdade gratuita.
Pensar em dinheiro porque...

0 comentários: