quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Mídia após a vitória bambi

Sinceramente não sei por que insisto em ler blogs como o de Juca Kfouri, Milton Neves, Mauro Beting, Gazeta Press e Blog do Neto. Isso para não falar de outros como Terra, UOL e etc.
Acredito que a maioria de nós assistiu ontem a noite ao jogo entre Náutico e SPFW, onde o SPFW ganhou por 2 a 1.
Ressalvas sobre a partida:
• O Náutico foi melhor que o SPFW e mais objetivo.
• No pênalti batido pelo Náutico o goleiro Bosco se adiantou bastante e pegou o pênalti. O Juiz não mandou repetir a cobrança.
• A primeira expulsão do bambi foi justíssima, afinal ele chamou o juiz de filho da puta.
• Pênalti claro para o Náutico não foi marcado (não lembro quem nem quando, se alguém souber agradeço), obviamente que os sábios da Rede Globo afirmaram que não existiu pênalti, afinal futebol é jogo de contato.

Eis então que hoje de manhã vou ler os tais blogues e encontro pérolas da seguinte estirpe:

Juca Kfouri
... A tal ponto que fez pênalti aos 4 minutos e não pegou fogo nem mesmo depois que Bosco pegou bem a penalidade batida por Bruno Mineiro. (O fato dele ter se adiantado não conta...)
Para piorar, por excesso do árbitro, Júnior César foi expulso, aos 32. (Chamar uma autoridade de filho da puta é coisa normal...)
Incrível, porque, com nove, o São Paulo jogava melhor do que com 11. (Só o SPFW poderia conseguir ser melhor com 9, afinal é um super time...)

Milton Neves
Foi uma Vitória com V maiúsculo! Torcer para o São Paulo é uma grande moleza, mas hoje não foi bolinho, não. (Jogou gloriosamente bem não!? E claro que é fácil, sempre tem o apito bambi-rosa para ajudar.)
Aliás, depois do jogo, até o Rogério Ceni ligou para o Bosco para cumprimentá-lo pela excelente partida. Parabéns para ele, para o Rogério (que demonstra grande humildade), para Hernanes e para o Hugo. (Como Rogério é humilde não!? Que cuti-cuti)
O São Paulo, pela zilionésima vez, venceu lindo e segue vivo no campeonato. Como Clube da Fé que é. E bota fé. E bota clube. (Venceu lindo? Jogando mal, com 2 expulsos, no primeiro gol tiveram sorte pois a bola ia para fora e desviou, no segundo gol, outro chute de sorte, que poderia ter ido para fora e ele precisa chutar mais umas 300 bolas para acertar outro, isso é jogar lindo mesmo... Ah, é um baita clube...)

Mauro Beting
O São Paulo tinha nove jogadores contra dez do rival, no Recife. Hugo saiu do banco e fez um belo gol no final, o da vitória são-paulina celebrada como título. Como a volta do campeão. (Ganhar do Náutico é tão grande assim? Um time grande que comemora vitória sobre o Náutico? O mesmo Náutico que o Palmeiras ganhou de 4 x 1 e a imprensa dizia que tínhamos ganho de ninguém...)

Gazeta Press (Este era até bem imparcial, mas a mídia rosa conquista a todos)
O árbitro Francisco Carlos Nascimento assinalou pênalti de Junior Cesar sobre Patrick. Porém, o goleiro Bosco defendeu a cobrança fraca do atacante Bruno Mineiro. (Fraca? Se fosse um tiro então teria empurrado o goleirinho para cima da linha, afinal ele andou uns 3 ou 4 passos PARA FRENTE, e a cobrança não foi repetida, nem a toda poderosa Globo citou o fato.)
No lance seguinte, o time da casa igualou a contagem. Aos 14 minutos, Hernanes cobrou falta da meia-lua, a bola desviou na zaga e enganou o goleiro para balançar as redes. Assim, Geninho também precisou dar mais movimentação à sua equipe. (Peraí, o jogo era em São Paulo? Leiam devagar, “O time da casa igualou a contagem”, mas o Náutico saiu na frente, e o SPFW empatou batendo falta para fora que desviou no zagueiro do Náutico. Até onde me lembro o jogo foi em Recife, casa do Náutico!)
O zagueiro Vágner foi substituído pelo meia Elton. Com isso, o Timbu assustou os visitantes. (Assustou com uma substituição? Ficaram loucos não?! E aqui a correção, que o Timbu é o time da casa).
Nos minutos finais, o Náutico perdeu o zagueiro Cláudio Luiz e o lateral Michel, expulsos, e Hugo definiu a virada do Tricolor, que chegou aos 48 pontos e reassumiu a vice-liderança, pressionando o rival Palmeiras, que entra em campo no domingo para enfrentar o Santos. (Pressionando? Mesmo que o Palmeiras perca, termina líder da rodada, e pressionar não é estar a 2 pontos com 1 JOGO A MAIS)

Blog do Neto (este tem alternâncias de imparcialidade e bobagens)
Mas os jogadores do Tricolor paulista mostraram empenho e construíram com méritos esse resultado. (Mérito? Onde? Jogaram mal, bateram até falar chega, pressionaram e xingaram o juiz, tiveram sorte nos dois gols, a cobrança do pênalti tinha que ter sido refeita, existiu mais um pênalti para o Náutico não marcado e ainda construíram com méritos? Eu devo estar muito louco ou não entendo nada de futebol...)

Depois disso tudo vamos aos personagens bambi e suas declarações:

Hugo, o grande meia bambi: “Agora, o Palmeiras que se cuide”
Ricardo Gomes, o grande treinador, cheio de títulos, foi questionado sobre a vantagem de 5 pontos do Palmeiras, sua inteligentíssima resposta:
“O Palmeiras hoje está na liderança também porque não tinha a Libertadores e, no início do Brasileiro, foi melhor do que o São Paulo. O início realmente ajudou e o Palmeiras tem essa diferença para os demais por isso.”

Perai? Eu li direito? Vamos repetir para ver se entendemos diferente:

“O Palmeiras hoje está na liderança também porque não tinha a Libertadores e, no início do Brasileiro, foi melhor do que o São Paulo. O início realmente ajudou e o Palmeiras tem essa diferença para os demais por isso.”

Cada vez fica pior, ele não deve ser muito bom da cabeça. Até onde eu me lembro, o Palmeiras fez 12 jogos pela Libertadores (2 da pré + 6 da fase inicial + 2 das oitavas + 2 das quartas). O bambi fez 8 jogos (6 da fase inicial + 2 das quartas, afinal fugiram das oitavas).
O Palmeiras fora eliminado dia 17/06, em Montevideo e o SPFW dia 18/06, em São Paulo. Lembrando que Montevideo fica a “apenas” 1536Km de São Paulo, ou seja, além do time do Jd Leonor jogar 4 jogos a menos, não teve que viajar quando foi desclassificado.

O menos pior dos sites foi o do Quartarollo que fez uma análise mais comedida do jogo e em vários pontos foi muito correto, a maioria não gosta muito dele, acha ele meio louco, mas no geral, acho que ele normalmente escreve com boa imparcialidade.

Depois disso tudo, ainda tem quem duvide da imprensa rosa e do apito bambi.

0 comentários: