segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

E a culpa, para mim, ainda é do profexô!

Antes de mais, quero dizer que é minha opinião, não significa que estou certo, ou errado.
É um momento difícil para nós, certamente.
Este domingo (06/12/2009) é daqueles dias que precisam ser esquecidos da nossa história.
Como Pierre mesmo disse, foi um ano jogado pelo ralo.
Todo um projeto, desde 2008 com a vinda de Vanderlei Luxemburgo (1º erro) a contratação de vários atletas como Diego Souza, Kléber e Alex Mineiro, teve fim ontem, dia 6 de dezembro de 2009.
A hora não é de punhaladas, de protestos agressivos ou caça as bruxas.
Fomos o time que mais lideramos, 19 rodadas, fomos o segundo clube mais presente no G4, 32 rodadas e então começa a parte ruim...
Fomos o 6º melhor ataque, com 58 gols (35 em casa, 23 fora, média de 1,52 gols por partida), a 4ª melhor defesa, com 45 gols sofridos (19 em casa, 26 fora, média de 1,18 gols sofridos por partida), fomos a 6ª melhor equipe em sequência de vitórias, apenas 4, a 4ª melhor sequência sem derrotas.
Mas isso tudo são números, e números não ganham campeonato, vide o Flamengo, que liderou apenas 2 rodadas e esteve no G4 por apenas 7 rodadas e sagrou-se Campeão.
Grande parte desse time é herança de um homem que já foi, um dia, o melhor técnico desse país, quiçá um dos 10 melhores do mundo.
Nesses 2 anos, vimos jogadores como Mozart, Marcão, Armero, Edmílson, Jumar, Felipe (?), Willians, Marquinhos e outros, vestirem nossa camisa e não fazerem NADA.
Sem falar nas decepções, como o próprio Marquinhos, Cleiton Xavier, Vágner Love e Diego Souza.
Por falar em Vágner Love, este com certeza foi a maior decepção. Chegou com pompas de artilheiro, goleador e fez apenas 5 gols em 12 jogos. Para não falar que foi só decepção, ele teve vontade, e ponto. Foi uma tentativa da diretoria de termos um matador. Válida, porém só nos trouxe problemas.
A briga entre Maurício e Obina (só não foi pior pelos gols contra os Corinthians, 12 gols em 26 jogos) foi a prova de que o elenco rachou, culpa de Vágner Love? Salários? Bicho? Nunca saberemos.
Voltando ao título deste post, credito nossa perda de desempenho a falta de banco. Ficamos sem Pierre, Maurício Ramos e por fim, Cleiton Xavier.
CleitonX não desequilibrou, mas sem ele, Diego Souza não jogava bola, viveu de lampejos.
Podemos dizer que o Palmeiras ficou sem sua espinha dorsal, que era composta por Maurício Ramos na zaga ao lado de Danilo, Pierre na frente da zaga fazendo a proteção e "matando" o jogo ali, e CleitonX fazendo a ligação além de liberar Diego Souza. Junte-se a isso o problema do elenco, lá se foi todo um projeto.
Mas por que eu disse que voltaria ao título do post? Por que isso se chama falta de banco, falta de elenco. E quem montou esse elenco? Vanderlei Luxemburgo.
Se não toda, 90% da nossa derrocada deve-se a esse homem.
Nossa diretoria fez o certo, segurou os jogadores chave, contratou o então melhor técnico do Brasil, Tri Campeão Brasileiro e trouxe um grande atacante.
Belluzzo pode ter se exaltado um pouco, sim, mas quem não o faria!? Ele não tem culpa.
Não vou falar sobre a diretoria pois não os conheço, vejo mais o trabalho do Belluzzo e do Cipullo, os outros, não sei dizer.
Muricy Ramalho... no início fui contra a contratação dele, pelo fato de não ver muita identificação com o Palmeiras, mas, acredito nele, e acho que ele fará um grande trabalho em 2010. Ele "pegou" um time já montado, com jogadores que ele não conhecia, sem o perfil dele, fora o fato de que Muricy colocou ordem na casa, pois acabaram as noitadas, as diversões em Atibaia, as regalias e etc.
Muitos palmeirenses estão justificando nosso desastre colocando as culpas no STJD, na CBF, na Globo, no eclipse da lua e etc.
Sejamos francos... Perdemos esse título para nós mesmos. Ano passado, o SPFW foi campeão por incompetência do Grêmio e do Cruzeiro, esse ano, o Flamengo foi campeão por incompetência do Palmeiras. Sim, fomos INCOMPETÊNTES! Lideramos tantas rodadas, tivemos a chance de abrir 8 pontos, e até 11 de vantagem e então vacilamos.
Nas últimas 11 rodadas (33 pontos) fizemos apenas 9 pontos, 2 vitórias, 3 empates e 6 derrotas, terminamos 5 pontos atrás do campeão, ou seja, se tivéssemos ganho 2 jogos, dos 6 que perdemos, seríamos campeões. E foram derrotas ridículas, para times lutando para não cair, times pequenos...
Nesse momento, fazer conjecturas, é fácil. Espero que a diretoria analise bem toda a situação e ache onde foi que erraram. Demitir Muricy será um grande erro. Ainda mais se for para colocar Caio Jr e Jair Picernes da vida...
Ainda tem muito a ser dito, mas por hora, minha paciência se esgotou...

PS.: Não estranhem se eu demorar a escrever aqui novamente, apenas quero dizer, além de tudo o que já disse, que prevejo um 2010 sofrível.

0 comentários: