domingo, 28 de março de 2010

Palmeiras 1 x 1 Mirassol

Mais do mesmo. Simples assim.
O Palmeiras conseguiu perder Cleiton Xavier contundido, empatar com o Mirassol em casa por 1 x 1 e, dependendo dos resultados, dar adeus ao Paulista-2010.
O Palmeiras era um ótimo time até Cleiton se machucar, depois disso, era melhor ter desligado a TV.
O segundo tempo então, foi ridículo e me recuso a comentar.
A verdade é o que eu venho dizendo desde o início do ano... Se o Palmeiras não se cuidar, 2002 vai se repetir.
Sobre o jogo, vou ficar só com as atuações...

Marcos: Santo... 9.
Eduardo: Eduardo who? 1.
Leo: fraco - 2.
Edinho: e não é que alguém jogou bem - 8.
Gabriel Silva: Muito melhor que o Armero - 7.
Pierre: Onde está o guerreiro? ZERO
Marcio Araujo: péssimo - ZERO
Ivo: Só jogou ao lado do CeitonX, depois, fraco - 4.
CleitonX: Enquanto esteve em campo perfeito - DEZ.
Vinicius: tentou... 6.
Robert: Jogou bem - 6.
Anselmo: 16 anos? Coitado, vai ser queimado nessa fogueira - 2.
Mauricio Ramos: melhor não comentar… S/N
Joãozinho: mais um para ser queimado - 2.
AC Zago: FRACO, PÉSSIMO. FRACO, PÉSSIMO. FRACO, PÉSSIMO. FRACO, PÉSSIMO. ZERO

Continuar lendo -->

quinta-feira, 25 de março de 2010

Rio Branco 2 x 2 Robin Hood

Está virando rotina e até ganhamos um novo apelido. Robin Hood.
Pois roubamos pontos dos grandes e presenteamos os pequenos.
É impressionante a falta de postura do time do Palmeiras. Parece um time de várzea.
Os primeiros 15 minutos foram de encher os olhos. Um belo gol, com uma jogada linda de CleitonX, que Diego Souza bem que tentou errar, mas acabou fazendo o gol.
Depois disso, em 5 minutos, o Rio Branco virou pra cima do Palmeiras, como se eles fossem o grande e nós os pequenos. Dali pra frente, o jogo ficou péssimo. Antonio Carlos continua substituindo errado. Ele vai aprender (espero).
Até que no final do primeiro tempo (34') uma bela jogada do Palmeiras, com linda troca de passes e Ewerthon quase estoura a bola de tanta força. Diego, é assim que se faz baralho!!!
Não vou comentar o resto pois foi uma PORCARIA. Os jogadores andaram em campo.
É triste ver nosso Palmeiras assim.
A culpa? No final das contas do BOSTA DO BELLUZZO.

E assim, lá se foi mais um campeonato.
Rio Branco 2 x 2 Palmeiras.

Atuações:

Marcos: sinistro - 6,5.
Eduardo: Fraco - 4.
Leo: fazer o quê? 7.
Danilo: Vai caindo cada dia mais - 5,5.
Armero: Impressionante o que um pouco de apoio faz - 7.
Pierre: GUERREIRO! 9.
Marcio Araujo: Péssimo volante, não se acerta com Pierre. Bom lateral - 5,5.
CleitonX: fprimeiro tempo perfeito, ótimas jogadas e movimentação. No segundo, virou volante e foi bem - 9.
Diego Souza: graças a Deus não joga no final de semana. Vai para a Europa logo - ZERO.
Robert: foi Robert, ou seja, mais um jogo cheio de erros sem gols, domingo, deve descontar tudo - 3.
Ewerthon: OTIMO! Muito bom jogador, cada dia gosto mais dele - 10.
Lincoln: gosto dele também, não foi tão bem como nos outros jogos - 6.
Lenny: NÃÃÃÃOOOOOOO LEEEENNNNNNY! ZERÍSSIMO.
Vinicius: puf... 3.
AC Zago: fraco, fraco, fraco. Não conseguiu ganhar do Rio Branco? Fala sério... 1 (apenas por ter mexido na hora certa, caso contrário era ZERO).

Continuar lendo -->

terça-feira, 23 de março de 2010

Ufania, vaidade, jactância...

Ufania, vaidade, jactância... Sinônimos de vaidade.
Pelo dicionário:

"Desejo imoderado de chamar atenção, ou de receber elogios, idéia exageradamente positiva que alguém faz de si próprio; presunção, fatuidade, gabo; Coisa vã, fútil; futilidade. Alarde, ostentação, vanglória."

Alguém, além de mim, vê semelhança nessa frase com algumas peças do nosso atual elenco?
Sim meus amigos, para mim este é o grande problema do Palmeiras. VAIDADE.
A grande verdade é que o Sr. Diego Souza e o Sr. Cleiton Xavier simplesmente não querem estar no Palmeiras. Não querem vestir nosso manto, representar nossa squadra.
Querem mesmo é ganhar em euros, jogar em Arenas, jogar uma vez por semana, com "camisolas" de manga longa e luvas.
Queriam ter saído no início do ano, e, infelizmente, teria sido melhor.
Ambos não querem estar ali, mostram a falta de comprometimento.
CleitonX nunca foi nosso 10, talvez, aquela camisa antes vestida por Valdívia, Alex, Djaminha, Ademir e outros. Mas últimamente, nosso 10 não tem feito grande coisa.
Diego Souza é um pseudo-craque. Aquele que pode muito, que tem talento mas... na hora H, pula fora.
Os boatos dão conta de que Diego Souza quase fora transferido para o Flamengo no início do ano. R$ 600 mil de salário mais R$ 1.000.000,00 de luvas. Por que não foi? A Traffic cubriu as luvas, ou seja, Diego Souza recebeu o presentinho de UM MILHÃO DE REAIS apenas por não ter se transferido para o Flamengo. Isso é um absurdo PÔ!!!
Será que Antonio Carlos vai ter o "peito" de colocar um dos dois no banco? Duvido muito. Mas, sinceramente, queria ver Diego Souza não ser nem relacionado.
CleitonX, acredito eu, ter recuperação, pois ali, já vi vibrar um coração verde.
Diego Souza, EU DUVIDO.

Está na hora do Palmeiras pensar no Brasileirão-10, esquecer o Paulista, tentar fazer algo produtivo na Copa do Brasil e preparar o time para o Brasileirão, e lhes garanto, não contaremos com CleitonX e Diego Souza.

E tenho dito!

Continuar lendo -->

segunda-feira, 22 de março de 2010

Palmeiras e o Paulistão-2010

E então, já era? Matematicamente não, psicologicamente sim.
Somos 9º, temos incríveis 22 pontos em 45 disputados, aproveitamento de 48%.
Fizemos 27 gols e tomamos 26, saldo de gols 1 positivo.
É pouco demais para um time como o Palmeiras, essa é a verdade.
Temos que ganhar as 4 partidas que faltam:
Rio Branco fora (24/03), Mirassol no Palestra (27/03), Oeste no Palestra (04/04) e Paulista fora (07/04).
12 pontos, que nos levam para 34.
Vamos analisar quem está na nossa frente e seus jogos.

8º Ponte Preta - 24 pontos.
Rio Claro, em casa. Aposto em vitória da Ponte. (+3)
São Caetano, fora. Aposto em derrota da Ponte. (0)
Mirassol, em casa. Aposto em vitória da Ponte. (+3)
Mogi Mirim, fora. Aposto em empate. (+1)
Total: +7 pontos, totalizando 31 pontos.

7º Grêmio Prudente - 25 pontos.
Mogi Mirim, em casa. Vitória Grêmio. (+3)
Portuguesa, fora. Derrota Grêmio. (0)
Bragantino, fora. Empate (+1)
São Caetano, em casa. Derrota Grêmio. (0)
Total: +4, totalizando 29 pontos.

6º Botafogo-SP - 25 pontos.
Santos, em casa. Derrota Botafogo (0)
Sertãozinho, em casa. Vitória Botafogo (+3)
São Paulo, fora. Derrota Botafogo (0)
Monte Azul, em casa. Vitória botafogo (+3).
Total: +6, totalizando 31 pontos.

5º Portuguesa - 25 pontos.
Mirassol, fora. Vitória Portuguesa (+3)
Grêmio Prudente, em casa. Vitória Portuguesa (+3)
Rio Branco, fora. Empate (+1)
Ituano, em casa. Empate (+1)
Total: +8, totalizando 33 pontos.

4º Corinthians - 26 pontos.
Paulista, em casa. Vitória SCCP (+3)
São Paulo, em casa. Derrota SCCP (0)
Ituano, fora. Empate SCCP (+1)
Rio Claro, Vitória SCCP (+3)
Total: +7, totalizando 33 pontos.

Classificação final seria:

4º Palmeiras - 34 pontos
5º Corinthians - 33 pontos
6º Portuguesa - 33 pontos
7º Botafogo - 31 pontos
8º Ponte Preta - 31 pontos
9º Grêmio Prudente - 29 pontos

É impossível? Não, muito pelo contrário, são resultados muito prováveis até. Acredito que temos que secar dois times, Portuguesa e gambás.

Eu acredito!

Continuar lendo -->

Palmeiras 0 x 2 Ponte Preta

É sempre dificil comentar um jogo após uma derrota. Mas mais difícil é quando jogamos um primeiro tempo muito bom, e nosso técnico resolve substituir apenas aos 35 minutos do 2º tempo.
Jogando em casa, empatando com um timeco em 0 x 0, leva o gol aos 32' e aí resolve substituir, e aos 39' o golpe de misericórdia, Palmeiras 0 x 2 Ponte Preta, em uma falha de marcação da nossa zaga.
O jogo foi um desastre, com todas as letras. Não foi pior porque Marcos ainda pegou um pênalty no final (infantilmente cometido por Danilo). A verdade é que o Palmeiras não merecia ter sido batido dessa forma.
O time jogou bem, Antonio Carlos criou uma barreira com Pierre e Edinho na frente da zaga, o que dá uma enorme proteção a zaga apostando em liberar os laterais.
Armero fez uma boa partida, melhor que o normal, Marcio Araújo, incrivelmente é melhor como lateral que volante e jogou muito bem.
Para nosso espanto quem ficou devendo? Os de sempre... Aqueles que eu sempre digo que, quando resolvem não jogar, o Palmeiras não joga. Cleiton Xavier e Diego Souza.
Sim caros amigos, quando esses dois resolvem não jogar, o Palmeiras não existe, e no segundo tempo eles sumiram.
Acho que o time até está no caminho certo, mas não para agora, é um projeto futuro.
Sendo assim, junte ao péssimo 2º tempo de CleitonX e Diego Souza a demora e falha nas substituições, e temos o resultado no placar.
Acredito que a primeira substituição deveria ter sido com uns 5 ou 6 minutos do segundo tempo, e seria a saída de Pierre para entrada de IVO.
Infelizmente nosso banco, que já não é muito bom, estava pior ainda. Caso o gol não saísse, aí sim, lá pelos 20 e poucos experimentaria tirar Edinho e colocar Lenny.
Eis que Antonio Carlos tirou Edinho e colocou Lenny, só que isso não solucionou, como era óbvio, o problema do Palmeiras, pois a Ponte estava toda recuada, embolando o meio. Com isso, precisávamos melhorar essa ligação, e isso era um papel para Ivo.
Podemos concluir que não foi um jogo ruim, muito pelo contrário. O Palmeiras jogou bem, obviamente faltou nosso grande atacante, que, não se iludam, não é Robert. Ele faz os seus gols, mas é como um Obina (vejam só a ironia, Obina marcou 3 nos gambás e só. Robert 3 nos peixinhos... Lembram-se do final da história...), some 3 ou 4 jogos e aí marca 3 gols em uma partida. E ainda acho que ele foi fominha em 2 ou 3 lanças que poderia ter tocado para Éwerthon.
Nossa situação hoje, é quase impossível uma classificação, mas isso não se deve a derrota contra a Ponte, deve-se a derrotas para São Caetano e Rio Claro, empate contra Grêmio Prudente, Ituano e Botafogo-SP. Isso são 12 pontos, que nos colocaria na 2ª posição a 1 ponto do Santos.
Considero a derrota para o Santo André normal, assim como empatar com a Portuguesa e a derrota para a Ponte seria um acidente de percurso (atenção, tinha 80 anos que o Palmeiras não perdia para eles no Palestra), mas, nosso Palmeiras sempre chega da forma mais difícil.

Vamos as atuações:

Marcos: Como sempre, jogou muito. O pênalty poderia ter sido melhor cobrado, mas ele pegou, e é isso que importa - 10.
Marcio Araujo: Titular absoluto na Lateral direita - 8.
Gualberto: gosto dele, apesar de ainda achá-lo um pouco nervoso - 7.
Danilo: .... 5.
Armero: muito boa partida, acredito ter sido uma das melhores com nossa camisa. Acertou muitos cruzamentos, errou outros, como é normal - 8.
Pierre: jogou mal, muito mal. Não deu 1 passe que preste - 4.
Edinho: grande jogo, gosto do futebol dele, eu teria ficado somente com ele no segundo tempo - 9.
CleitonX: ótimo primeiro tempo, no segundo, muito marcado (ou porque não estava afim) não jogou nada - 3.
Diego Souza: uma jogada aqui, outra ali, não estava querendo jogar bola - 2.
Robert: gastou tudo contra o peixinho? 3.
Ewerthon: grande partida. Movimenta-se muito bem, é uma grande opção - 8.
Lenny: não gosto dele, não adianta - ZERO
Ivo: não precisava ter entrado a hora que entrou. Se fosse no começo do 2º tempo, ainda entendia, mas aos 38 do segundo tempo é querer queimar o cara, fala sério. Z/N
Antonio Carlos: PÉSSIMO! Vamos voltar a era LuxPoker sem substituições ou tardias? ZERO

Continuar lendo -->

sábado, 20 de março de 2010

Palmeiras x Ponte Preta

Acredito que nossa provável escalação seja:

Marcos; Márcio Araújo, Danilo, Maurício Ramos e Armero; Pierre, Edinho, Diego Souza e Cleiton Xavier; Ewerthon e Robert.

Dependendo da coragem do nosso técnico, podemos ver uma variação com a saída de Edinho e a entrada de Lincoln, formando um 4-1-3-2. Agressivo!!!

Continuar lendo -->

De volta para casa

De volta para a casa
by Blog do Quartarollo (99% dos posts dele eu aprovo!)

Será neste sábado, às 17 horas, contra a Ponte Preta, de Campinas.

Palmeiras voltará para a sua casa, o estádio Palestra Itália, também conhecido como Parque Antártica ou Jardim Suspenso, como diziam antigamente.

No dia 3 deste mês de março, o Palmeiras perdeu para o Santo André ali no Palestra e saiu vaiado.

Jogadores como Diego Souza e Armero foram apupados e até São Marcos do Palestra também ouviu vozes contra seu santo nome.

Ainda no intervalo de jogo chegou a anunciar o fim de carreira para dezembro próximo.

Tinha falhado num dos gols do Santo André e a torcida não perdoou nem a sua linda história na meta palmeirense.

O torcedor é volúvel e cruel mesmo. Mas como é volúvel ele muda conforme os resultados.

O Palmeiras na sequência jogou na Arena Barueri contra o Sertãozinho e venceu com muitas dificuldades por 3 x 2.

Parecia uma queda constante. Mas no clássico contra o Santos, na Vila, domingo passado, o time ressurgiu e venceu por 4 x 3 jogando um belo futebol contra uma equipe que nunca deixou dúvida quanto a sua força.

A histórica vitória continua ecoando até agora. Os jogadores ganharam confriança e já falam em se classificar para as semifinais do Paulista.

No meio de semana, o Palmeiras ganhou em Belém do Pará, do Paysandu, pela Copa do Brasil, 2 x 1, e se não eliminou o jogo da volta, pelo menos jogará por um empate no dia 31, no Palestra Itália.

O astral agora é outro. Por isso, o Palmeiras tem que voltar para casa e mostrar quem manda nela.

O Palestra é do Palmeiras. O torcedor também precisa saber disso e aconchegar o time e não expulsa-lo de campo.

O Palmeiras mereceu as vaias que recebeu, mas agora espera incentivo e compreensão. Afinal, está em casa e a torcida é dele.

Continuar lendo -->

sexta-feira, 19 de março de 2010

Palmeiras x Ponte Preta

Jogo decisivo.
Precisa dizer mais alguma coisa?
O Palmeiras precisa vencer todas as partidas até o final, se possível por placares grandes, pois o saldo pode ser determinante no final.
Sem falar no fato do jogo ser em casa, porém o Palmeiras deve poupar alguns jogadores já visando a sequência de jogos que terá pela frente.
Acredito que Diego Souza será um deles, visto que não fez nada no último jogo.

Palpite: Palmeiras 3 x 0 Ponte Preta

Continuar lendo -->

Paysandu 1 x 2 Palmeiras

Ganhamos.
Quero, antes de falar sobre o jogo, fazer um pedido aos meus caros leitores. Esqueçam que o adversário foi o Paysandu. Imaginem que foi o Inter, ou Grêmio, ou Cruzeiro, ou Flamengo.

O Palmeiras entrou em campo sem alguns titulares, se bem que, estamos chegando no ponto de ter 14 ou 15 titulares. Entramos em campo sem Marcos, Pierre, CleitonX e Robert.
Sem um atacante para substitui Robert, entramos com a dupla Ewerthon e Lenny. Para mim, não funcionou, talvez pela falta de CleitonX, mas, não gosto do Lenny (e ponto.).
Lincoln ainda está sob análise, mas gosto do que ele está "ensaiando". Parece que quando ele estiver em forma e entrosado com o time, vamos ter bons frutos.

12 minutos, e então, o Palmeiras recupera a bola, Ewerthon viu o buraco e lançou, em profundidade, Lincoln viu a oportunidade e arrancou, de cara com o goleiro "puxou" para o lado e empurrou para o fundo dos gol.
Paysandu 0 x 1 Palmeiras.

Aí nosso grande Palmeiras muda a postura, erroneamente. Fecha-se atrás, deixa o Paysandu jogar, e espera, COVARDEMENTE, na retranca para sair no contra-ataque. O resultado é o de sempre, o Paysandu foi gostando do jogo, uma bola cabeceada e por muito pouco não entra. Logo depois, a defesa parou, o meio parou, jogada nas costas de Eduardo, Márcio Araújo sumiu, Danilo esqueceu de combater e então um chutasso no ângulo (que ele nunca mais acerta). Paysandu 1 x 1 Palmeiras.
O time voltou para o segundo tempo com a força do início do jogo, sinal de que Antonio Carlos sabe mudar o ânimo do time no intervalo. Isso é bom!
Na primeria tentativa do Palmeiras, a sorte não ajudou, Lincoln cabeceou, Fávaro fez seu milagre (já viu como os goleiros "pegam" contra nós!? Será castigo por termos uma escola de goleiros tão boa?!), Ewerthon entrou correndo e "bateu" com a coxa, Fávaro, no chão, fez seu segundo milagre.
Na tentativa seguinte, o nervoso/fraco Eduardo cruzou, Lenny tentou de cabeça, mas para variar errou, e pegou de levinho na bola, Ewerthon mais uma vez chegava na corrida, tocou a bola, ela caprichosamente pegou na trave e entrou. Paysandu 1 x 2 Palmeiras.

E a história se repetiu, dá-lhe retranca, joguinho compacto na defesa, esperando o inimigo para sair no contra-ataque. Óbvio que o Paysandu cresceu, Antonio Carlos, inteligentemente tirou Eduardo, amarelado, colocando Pierre. Márcio Araújo foi para a lateral e nosso guerreiro assumiu seu posto. Defesa arrumada, faltava o meio e ataque. Antonio Carlos sacou Lenny (graças a Deus) e colocou CleitonX. O Palmeiras então passou a atuar com Lincoln e CleitonX armando, no ataque Ewerthon e Diego Souza. Para mim, foi a melhor formação do time.
Porém, durou pouco. Logo Robert entrou no Ewerthon, DS voltou para a meia e Robert isolado. 4-5-1, COVARDE, de time que não quer ganhar, desculpem o jeito, mas detesto retranca e o Palmeiras não joga assim.
Como era de se esperar, ficamos nisso mesmo. O Palmeiras não jogou com o regulamento, e não eliminou o jogo de volta, seria interessante para termos uma semana livre, somente com treinos.
Mas, não deixa de ser uma vitória difícil, e a vantagem do jogo de volta.

Atuações

Deola: muito, muito, muito bom! Prefiro ele que o Bruno - 10.
Eduardo: acho ele muito nervoso, ainda está sob análise - 5.
Leo: outro que jogou muito, perfeito - 10.
Danilo: já foi melhor né!? Mas tem créditos, vamos deixar para lá - 6.
Armero: dá sinais de melhoras, ainda erra alguns cruzamentos fáceis (essa é a sua função PÔ!!), mas está melhorando - 6.
Edinho: Primeiro tempo para esquecer. Segundo tempo, ao lado do time completo, melhorou - 6.
Marcio Araujo: joga melhor na lateral do que como volante - 6.
Pierre: foi o guerreiro e contribuiu muito para a vitória - 7,5.
Lincoln: gosto dele, está mostrando ser muito bom - 7.
CleitonX: mesmo com pouco tempo, deu outro ritmo ao meio - 7.
Diego Souza: ele entrou em campo? 2.
Lenny: Nãããããooooooo Leeeeennnnnyyyyyyyyy! Errou tudo que tentou! 1.
Ewerthon: fala sério, o cara está jogando muito, parece que joga no Palmeiras a 30 a nos - 10!
Robert: perdeu um gol que qualquer um faria. Mas ele errou. Tudo bem, tem crédito. Se não estivesse em campo, na posição certa, não teria a "chance" de errar - S/N.
AC Zago: apesar de não gostar da "historinha" de poupar jogadores, entendo que foi para o bem do time (eu espero...). Gostei das mudanças, apesar de não ter gostado da postura do time quando estava na frente. Time grande, parte pra cima, faz 1, 2, 3 e etc. 8.
Chuteira de Ouro: Ewerthon

Continuar lendo -->

quinta-feira, 18 de março de 2010

A vitória dos deuses do futebol

(Estou rascunhando este texto desde segunda, 15/03)
(O post sobre a vitória frente o Paysandu, vem mais tarde.)

Sou apaixonado por futebol... Aliás, sou apaixonado pelo Palmeiras. Algumas vezes aqui já falei nos deuses do futebol, e ontem eles foram acordados.
Como sempre falamos, o Santos quando era um grande time, na época do Pelé e Pepe, já tremia perante o Palestra, e ontem, a nossa camisa mostrou o peso que tem.
Essa impren$inha de merda, falou e abusou durante a semana, teve até jornalistazinho de rádio fraquinha falando que o Palmeiras era o Naviraiense de verde e branco. Acredito que hoje, o Naviraiense está todo orgulhoso de ter sido comparado a um time tão grande e tão perigoso como o Palmeiras.
Achei que, fora o resultado em si, foi a melhor apresentação do Palmeiras no ano. O time estava arrumado, comprometido com o esquema tático, com sede de bola e com a faca nos dentes.
Entretanto, vamos ser sinceros... O jogo de ontem era para ter ficado 3 x 3. Porém uma atitude em campo acordou os deuses do futebol. Madson "tentando" imitar o porco... Quer dançar, dancem, quer fazer palhaçadinhas com bola parada, façam, mas NUNCA tentem menosprezar um time, NUNCA. E foi isso que Mádson tentou fazer, tentou menosprezar o Palmeiras, um time grande, um time de tradição. E isso, caro Mádson, os deuses do futebol não aceitam.
O gol de Robert, prova isso, foi um gol mágico, um chute perfeito, com efeito, na altura certa, na força certa. Sabem quando o Robert acerta outro chute desses? Nunca mais. Foi como o chute de CleitonX contra o Colo Colo, mas naquela ocasião, os deuses do futebol estavam calando a boca do Sr. Rogério Assis. Um gol como esse, temos a sorte de ver 3 ou 4 vezes na vida, e nós Palmeirenses, já vimos 2 em tão pouco tempo.
O Santos, caros amigos, só é tido como um dos 4 grandes Paulistas porque teve Pelé. Excluam a era Pelé da história do Santos e me digam, quem é o Santos. O Santos é uma portuguesinha da baixada, só isso.
Este jogo, não tem análise, não tem notas... Nota 10 para todos!
                                                                       *
No dia 19/02/2010 publiquei o post O inferno astral do Palmeiras, Antonio Carlos será o Anjo ou apenas mais um? onde dentre várias coisas eu dizia que a decadência do Palmeiras começou no dia 04/10/2009, quando ganhamos de virada do Santos (Santos 1 x 3 Palmeiras), na vila, e a torcida já soltou o grito de É Campeão. Eis que 5 meses depois a história se repete, só que desta vez, o grito foi de alívio. Mais uma vez o Santos dá forças ao Palmeiras, o seu eterno carrasco. Nem quando o Santos tinha Pelé, se davam muito bem contra nós. Ano passado, serviram para coroar uma campanha fantástica, que infelizmente terminou como todos sabemos. Entretanto, desta vez, o Santos serviu para dar moral, para mostrar ao time e aos torcedores que o Palmeiras está vivo.
                                                                       *
A impren$inha não aprende certo?! Ano passado foi o imbecil do Rogério Assis dizendo que o Palmeiras não iria se classificar para as oitavas da Libertadores, que iria levar goleada do Sport. (Relembrem aqui). Eis que esse ano, surge um pseudo-jornalista, que perdeu o seu lugar por onde passou, indo parar em uma radiozinha que nunca conseguiu emplacar no Brasil, o Sr. Flávio Prado.
Este Sr. que se diz jornalista, puxando o saco "dos moleques da vila" disse que o Palmeiras era um Naviraiense de verde e branco. Fora toda a imprensa fazendo "carnaval" em torno do time do Santos, que, até então, era imbatível, vinha de 11 jogos invictos, o Palmeiras iria ser goleado.
O resultado foi surpreendente para a maioria, não para os palmeirenses.
Abaixo, mais um fantástico vídeo do Gabriel Santoro, sobre tais acontecimentos.

Continuar lendo -->

terça-feira, 9 de março de 2010

Palmeiras 3 x 2 Sertãozinho

Ainda bem que meu coração é bom...
Assistir nosso Palmeiras tem sido um exercício forte para nosso já machucado coração verde.
O jogo deu início com um Palmeiras pressionando, até que Pierre lançou Lenny, que driblou o fraco zagueiro e chutou para dentro.
O Palmeiras continuou pressionando mas dos 30 minutos para frente, não existiu mais. Parou, morreu.
E como era óbvio o "grande" Sertãozinho achou o seu golzinho (a rima foi tosca eu sei), em um chute realmente impossível de defender. Palmeiras 1 x 1 Sertãozinho. Fim do primeiro tempo.
Voltamos como fomos, e aos 3 minutos o juizão arrumou um pênalty que só se "arruma" contra o Palmeiras. Bem batido, Palmeiras 1 x 2 Sertãozinho...
Daqui para frente, virou ataque contra defesa, mas o Palmeiras não acertava NADA. Os jogadores pareciam se esconder das jogadas, tudo dava errado e até os 20 e poucos do segundo tempo não tínhamos feito nada de útil.
Até o Robert tentou uma bicicleta mas, obviamente, não entrou.
Nosso experiênte treinador tirou Wendell e colocou Ivo, deslocando Eduardo para a direita e Ivo para a ponta-esquerda... Isso mesmo, ponta-esquerda, ainda bem que ninguém no Sertãozinho viu a avenida por ali. Depois disso, veio o óbvio, tirou Lenny e colocou Daniel fraquinho Lovinho. 6 por meia dúzia.
O sofrimento continuou até que aos 36 do segundo tempo, a paciência foi para o ralo! A torcida iniciou as homenagens a diretoria, técnico e alguns jogadores. Desculpem, mas eu concordo, viajar até Barueri para ver aquela pelada, uma hora acaba a paciência. Haja amor...
E aos 39 o milagra veio. É até estranho escrever isso, pois essas coisas não acontecem no Palmeiras. Eis que uma bola perdida pelo Lovinho, sobra para o Léo que acerta o cruzamento. CleitonX acerta a cabeçada e 2 x 2.
E como certas coisas só acontecem no Palmeiras, a torcida que xingava passou a apoiar tudo, até bola pro mato. O jogo virou emoção pura! Tudo era motivo para gritos de apoio. A camisa, tem esse peso!
E Lovinho, finalmente, acertou uma. Cruzou direitinho, a bola passou por todos e sobrou para Danilo que escolheu o lado e.... Robert apareceu para atrapalhar, chutou junto com Danilo e a bola está viajando até agora... Isso aos 44. A placa sobe dando mais 4, o coração dispara, afinal acreditamos até o fim. No desespero, aos 49, Eduardo pega a bola no meio do campo, caminha com ela, e cruza para a área, Robert quase atrapalha mais uma, e ela sobra no peito de CleitonX no meio da área, que matou no peito e disparou para o fundo do gol!!!!!!
Foi simplesmente Incrível! Meu coração foi a mil, arrepiei e a muitos jogos não terminava o jogo engasgado e com água nos olhos.
Foi contra o Sertãozinho, mas foi emocionante, e são esses jogos que levantam um time e dão moral. Domingo temos o Santos, que estão com o saltinho alto e devem vir querendo nos matar, mas a exemplo dos bambis, tudo é diferente em clássicos.
Vou inclusive adotar uma postura diferente, não vou CORNETAR o time até o final do Paulista, mas falo sobre isso em um post amanhã. Vamos as atuações.

Atuações:
Marcos: Salvou o time em várias defesas - 9.
Wendel: Vai para o Goiás vai... ZERO.
Danilo: gosto dele e do que "sangra" pelo Palmeiras - 5.
Leo:fez a assistência para o segundo gol, mas não jogou bem - 4.
Eduardo: outro que leva nota por lance de gol - 4.
Pierre: não gostei, mas como tem crédito... - 4.
Marcio Araujo: deu o passe para o gol dos caras... ZERO
Deyvid Sacconi: Vai para o Goiás logo meu filho!!!  ZERO
CleitonX: Não jogou NADA, mas tentou muito e salvou o time, sendo assim - 10!
Lenny: Outro que pode ir para o Goiás... ZERO
Robert: tem feito bons jogos, nesse, não fez nada. Esgotou os créditos - 4.
Ivo: Bem melhor que Wendell e Eduardo - 5.
Lovinho: não consigo ver futebol nele, aliás, nunca vi... ZERO.
Antônio Carlos Zago: Faz substituições loucas, 6 por meia dúzia... Começo a ter um pé atrás com ele. Sei que o elenco é complicado, mas pelamor... Ao menos, está unindo o grupo entre si e com ele - 3.

Chuteira de Ouro: Marcos.

Continuar lendo -->

domingo, 7 de março de 2010

Palmeiras x Sertãozinho

Muito já foi dito sobre a decisão da FPF e da diretoria do Palmeiras ao adiar o jogo contra o Sertãozinho em função das chuvas.
O que causa mais estranheza, é o fato de que o gramado foi vistoriado por volta de 12:30, 5 horas antes do jogo, que era as 17h.
Curiosamente, horas após a vistoria o gramado encontrava-se SECO.
No pólo-aquático contra o Rio Claro por que a FPF não apareceu para suspender a partida? Estranho não?
Então que remarcam o jogo para segunda feira, as 21h na ARENA BARUERI. Sim, caros amigos, o jogo não será na capital, mas sim em Barueri. Vejam só, Barueri é tão bom, que o próprio time de lá fugiu para Presidente Prudente (que é mais Mato Grosso que São Paulo).
Por que não pode ser no Palestra? Por que começa a ser montado na segunda-feira a estrutura para o show dos Guns no próximo final de semana.
Não quero começar a fazer suposições, pois vou acabar chegando a conclusão que o Palmeiras, na realidade, fugiu da capital, fugiu de sua torcida, fugiu de seu estádio, talvez temendo mais uma derrota.
E final de semana que vem, temos o poderoso Santos, a sensação do campeonato.
Deixo duas perguntas...
Se não queriam fugir da torcida, por que o jogo não é no Pacaembú?
Vejam a foto abaixo, quantos estádios do Brasil tem um gramado como esse:


Vejam aqui, fotos do Palestra, horas após a vistoria.
Ah, e meu Palpite é Palmeiras 2 x 1 Sertãozinho

Continuar lendo -->

sexta-feira, 5 de março de 2010

Marcos humilha Neto

Não vou nem escrever nada... Somente um #CHUPANETO

Continuar lendo -->

quinta-feira, 4 de março de 2010

Marcos, não se aposente, não. Sem a Parmalat, sem a Traffic o Palmeiras é esse mesmo…

Do blog do Cosme Rímoli.

"Gil e Branquinho fazem o que querem de Armero.
A bola é cruzada e Rodriguinho, sozinho, faz o gol de letra.
Santo André 3, Palmeiras 1.
Em pleno Palestra Itália.
E Marcos fala em se aposentar.
Como se o grande goleiro do Palmeiras parando terminam os gravíssimos problemas do clube de Belluzzo.
Em décimo lugar no Campeonato Paulista, antes do complemento da rodada de hoje.
O clube não é mais nem chacota no Brasil.
Está triste demais a situação para a ironia.
O Palmeiras em crise em 2010 já virou notícia velha.
Como briga de torcida organizada em estação de metrô.
Não vale a primeira página.
Depois da saída de Muricy Ramalho, após sua decepcionante passagem pelo clube, a teoria da conspiração ganhou força.
Ainda mais depois da estréia vitóriosa de Antônio Carlos.
Os jogadores estavam boicotando Muricy.
Ele nunca foi simpática.
O time desejava J0rginho.
Mas valeria qualquer  coisa para tirar Muricy.
E eles teriam andado na goleada contra o São Caetano, que culminou com a demissão do técnico.
Os comentários hoje  pela manhã no Palmeiras dão conta que a equipe não se esforçou ontem contra o Santo André.
Qual seria o motivo?
Derrubar Antônio Carlos?
Bobagem.
O problema do Palmeiras não é o sofá.
É o elenco.
O time é fraco.
Os poucos grandes jogadores não têm liderança, a personalidade não foi moldada para empurrar ninguém.
Diego Souza, Cleyton Xavier e mesmo Marcos não tem perfil de comando.
Não é por mal.
Cleyton Xavier se machucou e está poupado da cobrança dos dirigentes.
Vai sobrar para Diego Souza explicar porque não está rendendo o que pode.
Se tiver coragem de falar o que acontece vai explicar que ele e Cleyton não jogam sozinhos.
Tirando os dois, que sempre entram em campo marcados, quem tem potencial para mudar o destino de um jogo do Palmeiras?
É muito fácil a diretoria repassar a culpa para o fraco grupo de jogadores que montou.
No ano passado, mesmo, com tudo favorável o time desandou.
Em 2010 não existe nem Vagner Love para colocar a culpa.
Antônio Carlos se lembrou das lições que teve com Luxemburgo e Mano Menezes.
E quer levar o time para longe da pressão do clube, da imprensa, da torcida.
Pena não poder  levar a delegação em peregrinação a pé  para Santiago da Compostela na Espanha, Fátima, em Portugal, ou Aparecida do Norte.
Esses lugares costumam fazer milagres.
A saída será Atibaia, Itu, Águas de Lindóia.
A princípio, a sua Presidente Prudente, do Pops Drinks está vetada.
A viagem deve acontecer logo após o jogo de sábado contra o Sertãozinho, lanterna do Paulista.
O plano básico é ganhar desse time fraquíssimo e ir para o Interior.
Até porque o adversário do próximo final de semana é o Santos na Vila Belmiro.
Para desviar o foco de outro enorme vexame de ontem, o treinador fala que Ewerthon fará sua estréia contra o time de Neymar e Robinho.
O Palmeiras de Belluzzo está sendo assim.
A cada vexame tenta criar um fato novo para desviar o foco.
No futebol o seu mandato é a maior decepção entre os dirigentes do País.
Não há presidente, vice ou diretor de qualquer equipe grande que, conversando em off, com o blog, não faça a mesma pergunta.
“O que acontece com o Belluzzo, hein?”
De brilhante intelectual, economista, dono e professor de faculdade, a fama de Belluzzo virou a de um dirigente que pensa como torcedor.
E que era excelente na teoria.
Na prática está sendo um desastre.
Não vale nem citar a festa que foi na Mancha Verde, a ameaça a Simon, a contratação de Vagner Love, a dispensa para mostrar força de Vanderlei Luxemburgo.
Conseguiu ser pior que Luxemburgo na maneira de tratar a saída de Keirrison.
E depois de tudo isso é Marcos quem vai se aposentar no final do ano.
Marcos errará duas vezes se mantiver sua palavra.
A primeira é encerrar a carreira, quando suportaria tranquilamente mais um ano mantendo o nível competitivo.
A segunda é a sua previsão de que o sofrimento do torcedor palmeirense vai terminar em dezembro, quando ele parar.
Se algo muito drástico não acontecer, os sofrimentos continuarão.
Infelizmente, para os seus torcedores e para o futebol de São Paulo, a verdade é dura e cruel.
Foi campeão da Libertadores em 1999.
Há dez anos.
O Palmeiras venceu 0 Brasileiro pela última vez em 1994.
Vai completar 16 anos…
A única Copa do Brasil que conquistou em 1998.
São 12 anos.
O dinheiro da Parmalat esteve por trás dessas conquista.
O clube foi campeão paulista em 2008.
A grande investidora foi a Traffic, que está se fingindo de morta agora, com o time fora da Libertadores.
Ou seja: na frieza das parcerias o último título que o Palmeiras ganhou dependendo só da sua adminstração, sua competência foi o Campeonato Paulista de 1976.
Há nada menos do que 34 anos…
O que significa isso?
Que há 34 anos o Palmeiras não sabe conduzir sozinho o futebol, esporte que o consagrou no mundo.
É incompetente no sentido exato da palavra que soa como um palavrão.
Falta capacidade dos seus dirigentes.
Se não houver um patrocinador não só para colocar dinheiro, mas para mostrar o caminho, o Palmeiras é o de ontem à noite…"

Continuar lendo -->

Uma análise fria...

Agora, meus amigos, com os ânimos mais calmos, vamos refletir um pouco sobre o Palmeiras.

Como venho dizendo a alguns posts, o problema do Palmeiras vem lá de trás. Tudo começou com a contratação do LuxPoker, depois pela sua tardia demissão, depois pela humilhação para ter Muricy Ramalho, a perda do Brasileiro, depois quando perdemos Jorginho para o Goiás, pela precoce demissão de Muricy e pela contratação de um Zé Ninguém. Sim, Antônio Carlos Zago é um Zé Ninguém dos técnicos.
Mas ACZago não é o culpado, ele apenas é a cereja deste amargo bolo Palmeirense.
Esse time do Palmeiras não dá mais. Isso é claro e visto para TODOS no Brasil. Só a diretoria ainda não "sacou" isso.
Sejamos francos, o Paulista já era. E é até bom que o seja, pois imaginem classificar Santos, Santo André, SPFW ou Gambás e Palmeiras. Nas semi, se pegarmos o Santos, será um vareio. Se for o Santo André, não será muito diferente, visto que até gol de letra tomamos agora.
Antes uma eliminação cedo, para nos concentrarmos na Copa do Brasil, do que dividir forças, que são poucas, diga-se de passagem, com o Paulistinha.
Hoje, acredito com todas as forças, que o problema do Palmeiras é um só, PSICOLÓGICO. Falta um cara para entrar no vestiário, quebrar umas duas portas e fazer pressão nos jogadores.
Falta respeito meus amigos, falta medo de ser cobrado, vejam o exemplo do nosso "craque" Diego Souza, ele simplesmente se escondeu do jogo, tocou de lado e para ter uma folga boa, forçou o segundo cartão amarelo. Se eu faço parte da diretoria, esse Sr. treinaria todos os dias normalmente, iria para a concentração para o jogo de sábado, iria para o estádio e ficaria, NO MÍNIMO, nos camarotes. Por quê? Para ele não ter a folga desejada. Sem falar em outros nomes como Armero, Pierre (até ele), Souza e outros.
Ontem, no decorrer da tragédia, lembrei-me muito dos anos 80, eu era uma criança ainda (nasci em 1980) mas acompanhava o Palmeiras no radinho de pilha com meu pai e lembro dos mediocres times que tínhamos. Porém, aqueles times tinham HOMENS que honravam a camisa, não ganhavam títulos, mas eram GUERREIROS, sangravam pelo nosso manto.
Acredito que alguns jogadores ainda tenham salvação, outros, está na hora de dispensar, mandar pra casa e pronto. Diego Souza deveria ficar no banco umas 2 ou 3 partidas e entrar aos 40 do segundo tempo. Para aprender a ser homem. Quero esclarecer que não coloco 100% da culpa nele, o que cobro dele é hombridade, apenas isso.
Agora com calma, vou analisar denovo os jogadores ontem.

Atuações

Marcos: precisa de férias, urgente! ZERO.
Eduardo: Não serve. ZERO.
Danilo: Fraquíssimo, como todo o time, mas ainda acredito nele - 2,5.
Edinho: até quando vai tentar ser zagueiro? 2.
Armero: Fora! ZERO
Pierre: tem recuperação, mas está começando a pensar na Europa. ZERO
Souza: Fora! ZERO
CleitonX: Por que se machuca tanto? Está bichado? ZERO.
Diego Souza: Desculpe, mas não serve mais. FORA! ZERO.
Lenny: FORA! ZERO.
Robert: Alguém tem que falar para ele calar a boca, que ele não é craque. Banco, no náximo. 2.
Marquinhos: vai continuar com as baladas até quando filhão? 1.
Saconny: Ficou em Paris. - FORA! ZERO.
Ivo: O único que mostrou algo diferente, por isso, ganha um bônus e chega a 10.
Antônio Carlos Zago: alguém já percebeu que ele não serve? ZERO

Diretoria: Fora com todos.

Continuar lendo -->

O problema chama-se DIRETORIA

Do Blog Divino, O Blog do Ademir.

A prova da incompetência
By adcastellari


Via: EspnBrasil.
Fábio Raiola: “Falta dinheiro, porque o Palmeiras gastou errado”

Fábio Raiola era o diretor-financeiro do Palmeiras no primeiro ano da gestão Luiz Gonzaga Belluzzo. Era, porque anunciou sua saída por problemas particulares em dezembro. Os problemas eram mais políticos do que pessoais. A verdade é que Raiola era um dos vários descontentes no grupo que levou Belluzzo ao poder no Parque Antártica. “Não concordo com a gestão do futebol.”
A razão de suas críticas está diretamente ligada ao dinheiro gasto em jogadores que não deram retorno. A lista é imensa e começa em 2007, quando o presidente ainda era Affonso Della Monica, mas o vice-presidente de futebol já era Gilberto Cipullo. Por gastar dinheiro demais com jogadores como Fabinho Capixaba, Gladstone, Jumar, Paulo Miranda, Léo Lima, Edmílson. A quem diz que falta dinheiro, porque o clube se endividou, a resposta de Raiola é que o clube não tem dinheiro porque gastou errado. Abaixo, a conversa com o ex-diretor financeiro do clube.
PVC – Na saída, o Toninho Cecílio disse que faltava dinheiro, por causa do corte de orçamento de 30%. Faltava?
RAIOLA – Não houve corte de 30%, nem de 20%. É só observar quanto estão pagando agora pelos novos jogadores que chegaram e você vai ver que o problema é o dinheiro mal empregado. Desde 2007, foram muitos os jogadores contratados que não serviram e isso sim tem sido um problema. Respeito muito todos os meus colegas de diretoria. Mas o fato é que não concordo com a gestão do futebol. Não quero ficar marcado como o diretor financeiro que atrapalhou o Palmeiras, porque isso não é verdade. O futebol gastou dinheiro demais com jogadores e comissão técnica que sabidamente não dariam retorno. Hoje a dívida está na casa dos 60 milhões de reais.
PVC – A dívida bancária?
RAIOLA – É importante explicar isso. O Mustafá saiu do clube dizendo que tinha deixado dinheiro em caixa. Tinha dinheiro, porque ele não pagava impostos. E, hoje, diferente do passado, o credor que mais cobra é o governo. Se você tem dívidas com o governo, ele tira seu crédito, como aconteceu com o Flamengo. Por isso, a opção foi quitar todos os débitos com impostos e passar a dever a bancos. Em impostos, o Palmeiras só tem um problema de IPTU, também herança dos tempos do Mustafá.
PVC – Procede que você interferiu para a contratação do Muricy Ramalho e foi quem dificultou sua saída?
RAIOLA – O Muricy não precisa de amigos para ser contratado. O currículo dele fala por si só. E mais. Quando ele recusou a primeira oferta do Palmeiras, eu disse ao Toninho Cecílio que o melhor seria manter o Jorginho. Primeiro porque o time estava vencendo. Depois, porque isso representaria uma economia muito grande. Imagina se mantivéssemos o Jorginho e fôssemos campeões… Íamos acabar com a carreira de técnico no Brasil. Ninguém ia ganhar os salários que ganham hoje.
PVC – É verdade que o Muricy Ramalho não pediu nenhum jogador, como diz o Gilberto Cipullo?
RAIOLA – Pelo que eu sei, isso não é verdade. No final do ano passado, o Borges foi oferecido para o Palmeiras e não foi contratado por causa do salário pedido. Mas o clube pagou mais por jogadores de resultado mais questionável. O Muricy pediu o Douglas, que foi para o Grêmio, pediu o Muriqui. O Marquinhos, que agora está no Santos e jogou o Brasileirão pelo Avaí, esse o Muricy pediu também. Nenhum dos jogadores pedidos foi contratado.
PVC – Até que ponto a demissão do Muricy e a contratação do Antônio Carlos aumentou o déficit do Palmeiras?
RAIOLA – Não houve um problema pela sua saída. Nós deixamos de pagar uma quantia mensal ao Muricy e passamos a pagar bem menos ao Antônio Carlos. No fundo, há um saldo positivo para o Palmeiras na casa dos 20 mil reais mensais. A reunião da saída do Muricy foi a última de que participei como diretor. Eu havia comunicado ao presidente Belluzzo em dezembro que sairia. Ele me pediu para ficar até a aprovação das contas. Fiquei,mas deixando claro que sairia. Após a saída do Muricy, eu disse ao presidente: “O senhor está trocando o sofá!”
PVC – E a comparação com Luxemburgo?
RAIOLA – O Luxemburgo saiu falando coisas sobre mim. É preciso entender que o Palmeiras gastou 24 milhões de reais por dois anos de contrato com um técnico que tem mostrado resultados que comprovam seu declínio. Os jogadores que indicou também deram nenhum tipo de resultado. São parte desse período em que se gastou demais com jogadores que não dão retorno.
É só olhar os resultados do Santos, Palmeiras, Real Madrid para perceber que é um técnico em declínio.
Se o dinheiro fosse aplicado com um pouco mais de visão, haveria mais dinheiro no clube. Como eu disse, eu deixei o Palmeiras por não concordar com a gestão. Respeito muito as pessoas, mas não concordo com a gestão.

Belluzzo, se insistir em manter Cipullo no cargo, morrerá abraçado ao “primeiro ministro”. Será o abraço dos afogados.
Estão matando o Palmeiras!

Continuar lendo -->

Homenagem a Diego Souza

Diego Souza, você é um craque, sem dúvida.
Mas você não quer mais jogar no Palmeiras, então, pede para sair 07!

Continuar lendo -->

quarta-feira, 3 de março de 2010

Palmeiras 1 x 3 Santo André

Esse time do Palmeiras é ridículo e hoje, mostrou-se que a culpa não era do Muricy, como eu sempre falei aqui.
Mas sim dessa merda de time, desses jogadores fracos que só querem saber de ir para a Europa ganhar euros e, PRINCIPALMENTE, do BURRO, INCOMPETENTE E FROUXO do SR. Belluzzo!

Sim Belluzzo, o SR. é um FROUXO! O que o Sr. ganha com o Cipullo? Me conta vai!
Ao invés de mandar esse BOSTA embora mandou "SÓ" o melhor técnico do Brasil para a rua e manteve esse CÂNCER do Cipullo na Diretoria.

De que adianta ganhar dos bambis e levar uma surra de um time de bosta como o Santo André? Me fala, de que adianta? São Caetano, Santo André... é o ABC Paulista  inteiro né!?

Sinceramente estou muito nervoso, muito puto com esse time... Isso não é o Palmeiras...

Mas também, um time que tem Lenny, Marquinhos, Sacconi, Souza e etc, esperar o quê!?
Vão contratar o técnico do Santo André também!?
Depois com calma, vou escrever um post sobre o jogo.
Ainda somos obrigados a ouvir o BOSTA do Robert dizer que não pode fazer tudo sozinho... Não aguento esse merda dizer tanta asneiras sempre, todo jogo, ele se acha O ARTILHEIRO...
Vou dormir que ganho mais...
O que posso dizer já, são as notas...

Atuações


TODOS ESSES MERDAS ZERO! ZERO! ZERO! ZERO! ZERO! ZERO! ZERO! ZERO!

Continuar lendo -->

Palmeiras x Santo André

Hoje, as 21:50, no Palestra Itália, enfrentaremos o vice líder do campeonato.
O Santo André tem apenas uma derrota e, justamente para o líder Santos, acumulando assim 24 pontos, 8 a mais que o Palmeiras.
Entretanto o "grande" Santo André não enfrentou ainda Palmeiras, SCCP e SPFW.
Depois da derrota para o Santos, no dia 04/02/2010, o Santo André venceu todas as 5 partidas que disputou (Rio Branco-SP (F), Mirassol (C), Sertãozinho (F), Barueri (F) e Portuguesa (C)), fazendo 14 gols e sofrendo apenas 5.
É um jogo extremamente difícil para nosso Palmeiras e, sinceramente, espero o pior.
No último jogo, a chuva e o gramado foram as desculpas, mas o Rio Branco não jogou em outro campo. Disputou o mesmo "pólo aquático" que nós, e conseguiu fazer seu golzinho. Souza, não pode ser o culpado, aliás, onde estava nosso lateral esquerdo e o zagueiro que cobre aquele setor?
Infelizmente, a grande verdade é que hoje dependemos de 2 jogadores, CleitonX e Diego Souza. O dia que os dois resolvem não jogar, o resultado é o que vimos domingo (que horário bonito para um domingo hein federação?).
Sendo assim, podemos ganhar muito bem, como podemos levar uma derrota (mais uma) dentro de casa. Tudo depende de como Diego e Cleiton vão querer jogar.
Sinceramente tenho receio desse jogo de logo mais a noite.
Palpite: Palmeiras 1 x 0 Santo André

OBS.: Por que nossos jogadores se machucam tanto? Desde o ano passado venho falando nisso.
OBS2.: Até quando o setor Câncer Visa vai ser no centro da filmagem da TV?
OBS3.: Até quando nossas organizadas vão ser desunidas?

Continuar lendo -->

segunda-feira, 1 de março de 2010

Rio Claro 1 x 0 Palmeiras

O Palmeiras, mais uma vez, foi superior, se impôs, mas perdeu.
Em fala individual de Souza, o fraco time do Rio Claro fez 1 x 0 e se fechou todo, covardemente, como disse Diego Souza.
Choveu muito e o gramado não existia.
O Palmeiras entrou no 4-4-2, sem Pierre. A chuva foi piorando, e no intervalo caiu água "com força".
O jogo piorou muito. Lenny foi o Lenny de antigamente, ou seja, horrível.
Nosso Palmeiras voltou a "chuveirar" na área, mas com apenas Robert esperando, nada deu certo.
Zago bem que tentou, tirou Lenny e Souza, entrando Ivo (muito bem como sempre) e Marquinhos, nulo como na maioria das vezes que entra. Em outra tentativa, foi trocar Wendell por William. Com isso Ivo foi para a lateral esquerda e Eduardo pela direita.
Não deu certo, diga-se de passagem. Foi mais uma noite em que nada deu certo para o Palmeiras.

Mais uma vez, perdemos pontos para um time na zona do rebaixamento. No Brasileiro foi assim, e a história começa a se repetir no Paulista. Um time do tamanho do Palmeiras não pode perder pontos para um time como o Rio Claro, com todo o respeito.
Ainda temos o Santo André, a Ponte Preta e o Santos pela frente, que são adversários diretos na nossa classificação. Ganhar do Santo André e da Ponte Preta é indispensável para nossas aspirações.
Acredito que se perdermos para o Santo André, podemos esquecer o Paulista e concentrar nossas forças na Copa do Brasil.

Atuações:
Marcos: Salvou o Palmeiras de um  placar pior - 9.
Wendel: foi bem neste jogo, mas com aquele gramado, fica difícil - 7.
Danilo: cada vez se firma mais na defesa. Bola para o mato que é jogo de campeonato - 9. 
Leo: muito firme e confiante, gosto muito - 7.
Eduardo: não gostei e não vou comentar para não queimá-lo - 6.
Edinho: nada passou por ele! 9. 
Souza: o único erro resultou no gol deles. C'est la vie - 6.
CleitonX: fraco. Culpa do gramado? Vamos acreditar que sim - 4.
Diego Souza: Não entrou em campo - 2. 
Lenny: idem Diego Souza - 2.
Robert: É... ele tentou - 6.
Ivo: nesse gramado é difícil, deixa pra lá então... 6.
Marquinhos: Mal como antes - 4.
William: putz... 2.
AC Zago: primeira derrota. Poderia ter sugerido para o time cavar umas faltinhas. Faltou malícia. Mas gosto do posicionamento que ele dá ao time - 7.

Continuar lendo -->