quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Palmeiras 2 x 0 Internacional

Grande jogo, 2º seguido e assim o Palmeiras embala de vez e na hora certa.
O time se mostra organizado, aguerrido e com esquema tático. As jogadas começam a fazer sentido.
Felipão entrou com Maurício Ramos no lugar do Fabricio, e começou com Valdívia mais recuado, entrando no 4-5-1, para segurar o saci.
O jogo foi uma luta pelo meio de campo, que o Palmeiras ganhou com tabelas rápidas, inversões de jogo e toques pelas laterais. Valdívia jogou muito, e ajudou mais ainda na marcação. Como rouba bola...
O Palmeiras ocupou todo o campo adversário até Gabriel Silva receber uma falta, na intermediária, Renan, se achando O Goleiro, mandou abrir... Andrezinho apenas se posicionou na frente da bola para tapar a visão do goleiro (hehe), Marcos Assunção bateu, Andrezinho, com medo da bola, virou a cara, bola com efeito, cheia de veneno, a bola fez a curva, abaixou e entrou, tirando tinta da trave! Um golaço! 1 x 0.
O Palmeiras seguiu dominando até o céu cair em água... Fim do primeiro tempo, 1x0.
Para o segundo tempo, Roth colocou Alecsandro no lugar de Leandro Damião, mas, nosso meio campo não deixou a bola chegar nele, que nada fez.
 Assim, o jogo seguiu do mesmo jeito, Palmeiras dominando. E o filme se repetiu, falta d elonge, campo molhado, inteligentemente, Marcos Assunção bateu rasteiro, a bola pegou no chão, matou Renan, de novo, outro golaço! 2 x 0.
Depois disso, Kléber, que também jogou muito, quase marcou um golaço, entortou Sorondo com 3 dribles (parecia que Sorondo estava a bailar...) e escorregou, chutando fraco.
Roth, já desesperado pelo domínio verde, mexeu colocando Glaydson, o que não resultou nada.
O Inter sofre do mesmo problema do Palmeiras, é um bom time, mas não tem elenco/banco.
E foi só. O Palmeiras jogou muito, ganhou confiança e até Rivaldo, que ainda não jogou nada, foi bem quando entrou.
Recado a nova diretoria, não façam cagadas ok!? Reforcem o time e ESCUTEM FELIPÃO!

Atuações

Deola: Apareceu pouco, mas foi bem - 8.
Vítor: jogou preso atrás, mas foi bem - 7.
Mauricio Ramos: apesar de ter tido pouco trabalho, foi bem - 7,5.
Danilo: Uma entregada por jogo, para mim está fraco e, hoje, destoou do time - 3,5.
Gabriel Silva: melhor jogo nos profissionais, achamos nosso lateral esquerdo - 8,5.
Edinho: jogou muito também! 9.
Marcos Assunção: precisa melhorar na marcação, mas fez dois gols - DEZ!
Márcio Araújo: Esta jogando bem, mesmo fora de sua posição - 7,5.
Tinga: GRANDE PARTIDA - 8,5.
Valdivia: começa a ser "El Mago", e ajudou muito na marcação - 9.
Kleber: faltou o gol, mas jogou muita bola - 9.
Rivaldo: fechou o lado esquerdo. Quando o momento do time é bom, até ele joga - 8.
Lincoln: S/N
Pierre: S/N
Felipão: o time começa a ter a cara de Felipão, e começa a dar frutos - 9.


Chuteira de Ouro: Marcos Assunção

Continuar lendo -->

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Regra 12

Página 92 das Regras do Futebol. “Interpretação das Regras do Jogo e Diretrizes para Árbitros”.

O texto da regra:

“Se um defensor começar a segurar um atacante fora da área penal e continuar segurando dentro desta área, o árbitro deverá conceder um tiro penal”.

Foi o lance do primeiro pênalti no Engenhão, sábado, de Flamengo 1 x 3 Palmeiras. Tinga foi puxado fora da área, mas seguiu sendo puxado até parar no lance – dentro da área.

Fonte: Blog do Mauro Beting

PS.: Amanhã, texto sobre a bela vitória frente os urubus.

Continuar lendo -->

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Grêmio Prudente 0 x 1 Palmeiras

Pelo placar mínimo, batemos o time cigano, que a cada temporada se muda, na sua atual casa.
Sem Valdívia e Tinga sobrou para Márcio Araújo e Edinho fazer a armação do meio, obviamente, como era de se esperar, essa dupla no meio não fez nada, mesmo porque não é a posição/função deles.
Kléber lutava na frente contra a dupla de zaga com o apoio de Dinei, estreando, sem ritmo, mas com boa partida (para mim, melhor que Ewerthon).
O Palmeiras levou um sufoco no primeiro tempo. O Grêmio tocava a bola e, nas costas de Rivaldo, entrou quando quis na nossa área e não fez o gol porque, desculpem, são muito ruins. O primeiro tempo acabou assim, 0x0, Kléber e Dinei contra a dupla de zaga, sozinhos, e eles tocando bola.
No segundo tempo, Felipão inteligentemente tirou Rivaldo, assustado com o peso da camisa até hoje, e colocou Gabriel Silva. Gabriel Silva é 6 anos mais novo que Rivaldo, tem apenas 19 anos, e sente menos a camisa que o projeto-jogador com nome de craque. Se ele jogasse 10% do que o grande Rivaldo jogou, seria um craque. Com isso, o espaço que o Palmeiras dava para o Prudente, já era, acabou, se foi. Assim, a superioridade do Palmeiras se mostrou, pois o Prudente não fazia nada, ficava preso no meio campo. E assim o Palmeiras foi lutando, lutando até que Edinho foi pela ponta direita (incrível isso não?!), cruzou rasteiro, Dinei no primeiro poste furou, a bola sobrou para Márcio Araújo que vinha fechando no segundo, de canhota (puf) escorar para o gol. Para mim, foi peru do goleiro Giovani.
Com o gol, o Palmeiras acalmou-se e continuou tocando a bola, mas sem muito perigo ao gol prudentino. Felipão então tirou Dinei e colocou Tadeu, o que piorou, e muito o ataque do Palmeiras. E assim, já com sono, o Palmeiras terminou o jogo, com a vitória.
Interessante dizer que essa é a 3 vitória, em 5 jogos, fora do Pacaembú, os outros 2 jogos empatamos, ou seja, em 15 pontos, conseguimos 11 pontos. Será que precisa ser algum tipo de paranormal para ver que o Pacaembú não está nos trazendo sorte esse ano? Tudo bem que somos o maior campeão do Pacaembú, mas esse ano não emplacou.
Próximo jogo contra o Flamengo, no Engenhão, jogo para ganhar e embalar.

Atuações

Deola: pouco exigido, quando foi, fez o seu. Está se firmando - 8,5.
Vítor: em visível ascensão, para voltar a ser o grande Vítor do Goiás. Acredito que está se ambientando com a camisa - 8.
Mauricio Ramos: Quase foi o Maurício Ramos de sempre, ou seja, entregar uma... 3,5.
Danilo: ajudou muito na organização do meio no primeiro tempo, que estava um caos - 7.
Rivaldo: precisa dizer que não serve? Alguém ainda acredita nele? ZERO.
Pierre: PÉSSIMO primeiro tempo, EXCELENTE segundo. Matou o Prudente. Ainda não é o monstro Pierre, mas está melhorando - 7.
Edinho: Tá bom, tá bom... Deu o cruzamento para o gol - 7,5.
Marcos Assunção: esconde-esconde, também quero brincar! 3,5.
Márcio Araújo: e não é que ele fez o gol com a perna cega? 8,5.
Kleber: mais uma partida para esquecer não K30? 4,5.
Dinei: gostei do que vi. Mesmo sem ritmo, joga mais que Tadeu e Luan. Quizá até melhor que Ewerthon - 6,5.
Gabriel Silva: beeemmm melhor que Rivaldo. Mas ainda é mediano - 5,5.
Tadeu: outro que tem que fazer companhia para o Rivaldo e mudar de ares ano que vem - ZERO.
Felipão: PERFEITA mudança no intervalo. Dá sinais de estar conhecendo muito bem o time e ter terminado as chances do Rivaldo. Entendo a saída do Dinei como física/ritmo. Com as laranjas que tem, ficou até bom o que vimos ontem, ainda não empolga, mas ganhou 3 pontos - 7,5.

Continuar lendo -->

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Palmeiras 0 x 2 São Paulo

Tinha começado esse post ontem, após o jogo, mas o calor da derrota me fez parar e deixar para hoje, obviamente, mais calmo e menos chateado.

O árbitro foi ruim? Não, foi péssimo! Expulsou Felipão, a meu ver, desnecessariamente, pois ele já falou muita asneira para outros árbitros e nem advertido foi, além disso levou 5 minutos para tirar Felipão de campo. Vi pênalti em um lance apenas, uma bola na mão de um bambi, mas esse tipo de lance vai de interpretação e ele, se é que viu, interpretou bola na mão.

Felipão, para mim, errou feio ao não sair de campo, essas atitudes só servem para desequilibrar mais ainda um time. Foi expulso, beleza, coloca a viola no saco e vai embora! Ou alguém já viu algum árbitro voltar atrás em um lance como esse? Eu não.

A grande verdade é que começamos a perder esse jogo na quarta-feira, quanto Kléber, PENDURADO, foi reclamar com o juiz, era ÓBVIO que tudo estava pronto para ele levar esse cartão e ficar fora do clássico, por que diabos então ele foi reclamar? Levou amarelo e perdemos a referência no ataque.

Também é certo que um time que perde 1 jogador e desestrutura, tem algo errado. Mas, apesar disso, acho que o Palmeiras dominou bem o meio campo, no primeiro tempo, mas o jogo foi horroroso. Márcio Araújo errou tudo que tentou.
No segundo tempo, apenas a substituição do primeiro tempo, Tinga no lugar do Ewerthon, machucado. E então que uma falta na intermediária bambi, o goleiro de hóquei deu um balão para frente, Fernandão raspou na bola, outro bambi fez igual, nossa zaga RIDICULAMENTE marcou a bola, e o bicha-MOR acertou um chute que nunca mais na vida acerta outro. 0x1.
O segundo gol foi questão de tempo e de nova falha da nossa zaga, Luan perde a bola na esquerda, chutão para frente, zaga marcando bola, Fernandão e Lucas partem pra cima, Lucas toca para Fernandão, Deola com os pés grudado no chão não diminuiu o ângulo, ele só teve o trabalho de chutar. 0x2.

Perdemos, mais uma vez. para elas. Nesse brasileiro não conseguimos ganhar delas.
Falta alma para esse time, falta eles entenderem o significado de usar esse manto verde e branco com o P e suas estrelas no peito. Esse jogo vale muito mais do que um simples jogo de 3 pontos, vale alma, vale Estória. E isso, a maioria ali não entendeu.
Jogadores como Tadeu, Luan e Márcio Araújo, não servem, isso é um fato. Agora contrataram um tal de Dinei que nunca vi na vida, será que é mais um para sentir o peso da camisa e não jogar NADA?
Estamos a 9 pontos da zona de classificação para a libertadores, faltando 13 jogos, sem contar que temos jogos difíceis (Flamengo (f), Inter (c), Santos (f), Botafogo (f), Corinthians (f), Fluminense (c), Cruzeiro (f).)
O jogo com o Fluminense e o Cruzeiro eu descarto, sabem por que?  Simplesmente porque se chegarmos nas duas últimas rodadas precisando vencer, é certo que perderemos. Isso acontece a 2 anos e dificilmente (não com esse time desse jeito) vai mudar esse ano.
Depois desse jogo, meu último post cai por terra, onde considerei várias vitórias Palestrinas até o final do ano. Sejamos realistas, esse time, desse jeito, tem que dar graças a Deus de não cair e rezar, fazer promessa, despacho na encruzilhada para ser campeão da Sul Americana e ir para a Libertas-2011. Se não conseguirmos essa vaga, 2011, provavelmente, vai ser outro ano para esquecer.

Atuações

Deola: Falhou no segundo gol. Quando eu falo que ele não está pronto, sou criticado - 2.
Vítor: está melhorando a cada jogo, vai voltar a ser AQUELE Vítor - 7.
Maurício Ramos: Joga partidas como o melhor zagueiro do mundo, mas entrega cada uma... 1.
Danilo: vai gostar de bater cabeça pra lá... 1.
Fabrício: grande partida, fez o seu papel de maneira perfeita - 6,5.
Pierre: esse entende o significado desse jogo, anulou o meio campo delas - 7.
Márcio Araújo: apenas regular, mas tecnicamente muito fraco, na esquerda é pior ainda - 3.
Marcos Assunção: péssima partida, não foi o Assunção das últimas, não cobrou uma falta que prestasse, as que teve vontade o árbitro não colocou a barreira no lugar certo. Meio preguiçoso as vezes... 2.
Valdívia: tentou, é verdade. Mas ainda precisa melhorar, e muito. Apanhou muito também - 6.
Tadeu: um dos piores jogadores que o Palmeiras já teve - ZERO.
Ewerthon: não dá - 3.
Tinga: praticamente colou no Vítor. Chegou a ser pior que o Ewerthon - 2,5.
Luan: esse cara, definitivamente, não sabe jogar futebol - ZERO COM LOUVOR!
Patrik: Patrik Who? ZERO.
Felipão: o árbitro foi muito rígido? Foi, mas ele falou o que falou e tem que assumir isso. Cobra hombridade dos seus comandados, tem que dar o exemplo. A demora para sair de campo agravou mais ainda a situação do Palmeiras. Está tentando, mas com esse time, nem Jesus - 5,5.

Continuar lendo -->

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O Palmeiras e o Brasileirão

O Rei dos empates, no 11º lugar.
22 rodadas, 66 pontos disputados, 29 ganhos (43%), 6 vitórias, 11 empates, 5 derrotas, 12 pontos para o líder.
Com uma série de 7 jogos fora de casa (pós copa), 1 única derrota.
Em casa, no pós copa, 2 derrotas (Atlético-GO e Cruzeiro).
Saldo pós copa, 4 vitórias, 8 empates, 3 derrotas.
Ano passado, na mesma altura, éramos líderes, com 41 pontos (11v, 8e, 3d), o 11º era o Santos com 32 pontos. O Flamengo, era 10º com os mesmos 32 pontos, 9 pontos para o líder, Palmeiras.
Em toda a era dos pontos corridos, ninguém tinha chegado na 22ª rodada com tantos empates e a melhor colocação do "campeão dos empates" foi a 13ª, Flamengo em 2005, sem contar que em 2003, 2004, 2006 e 2007 o time que teve mais empates foi rebaixado.
Concluímos com isso que o empate, no Brasileirão, não é um bom resultado.
Temos pela frente:

Bambis (c), Prudente (f), Flamengo (f), Inter (c), Santos (f), Avaí (c), Botafogo (f), Ceará (c), Corinthians (f), Goiás (c), Atlético-PR (f), Guarani (c), Atlético-GO (f), Atlético-MG (c), Fluminense (c), Cruzeiro (f).

16 jogos, 8 em casa, 8 fora.
Eu acredito em vitória contra: Bambis, Prudente, Flamengo, Avaí, Ceará, Goias, Guarani, Atlético-GO, Cruzeiro.
Empate contra: Inter, Santos, Botafogo, Atlético-PR, Atlético-MG.
E contra Corinthians e Fluminense, é imprevisível.

Se isso acontecesse, o Palmeiras ganharia 9 jogos, empataria 5, e vamos supor que perdesse para o Corinthians e Fluminense, seriam 33 pontos, totalizando 62 pontos.
62 pontos foi nossa pontuação ano passado e do Cruzeiro, que foi passar vergonha na Libertadores. Em 2008, 62 pontos teria sido 6º. Em 2007, vice campeão.
É impossível? Não, mas seria uma campanha em 16 jogos melhor que a feita até agora em 22.
Domingo, temos os bambis, que levaram um chocolate do Inter ontem. Eles vem de 2 derrotas seguidas e com a habitual vontade de ganhar do Palmeiras, lembrando que no 1º turno foi 1x0 para elas.

Palmeiras, se realmente quer chegar em algum lugar nesse Brasileiro, a hora de crescer é agora, e vencer os bambis é muito importante nessa caminhada.

O Palmeiras anunciou ontem a contratação, por empréstimo, do atacante Dinei, do Atlético-PR. Sinceramente não lembro de ter visto um jogo dele, sei que ele passou pela Espanha (Celta e Tenerife) e que em 2008 jogou muito bem pelo Guaratinguetá e Vitória, quando foi para a Espanha.
Vamos dar crédito e ver no que dá, visto que ele deve ser reserva.

Continuar lendo -->

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Grêmio 1 x 2 Palmeiras (UFA!)

Finalmente uma vitória interessante.
Ainda não é o Palmeiras que queremos, mas dane-se... GANHAMOS PORRA!
E é esse espírito que precisamos ali, de garra, força e união.
Obviamente, como já era previsto por todos, o juizão ajudou os bambis e "achou" um amarelo para tirar nostro Gladiador do jogo de domingo.
A proposta de Felipão foi clara desde o início, 2 linhas de 4, Kléber e Ewerthon no ataque.
E deu certo, os bambis do sul não conseguiram jogar, a bola não passava do nosso meio de campo, anulando Souza e e Douglas, os articuladores deles.
O Palmeiras abriu o placar em mais uma bela cobrança de Marcos Assunção (como cobra falta hein?!), depois de Ewerthon receber falta do lento Neuton. Com 0 x 1 o Palmeiras teve um pouco mais de tranquilidade para tentar algo, tentando achar um padrão de jogo, ou algo parecido :).
No início do segundo tempo, uma bola perdida na lateral direita com Vítor, que "acuado" recuou para Marcos Assunção, de primeira cruzar perfeitamente para Ewerthon enfiar a cabeça nela e fazer o 0 x 2.
Renato Gaúcho então, fez uma grande substituição, colocando Roberson no Adilson, que melhorou, e muito, o meio campo tricolor gaúcho. Conseguindo passar pela nossa primeira linha, começaram a arriscar chutes de fora da área e cruzamentos (o típico jogo bambi do chuveirinho).
Felipão então tirou Ewerthon, colocando El Maguito, que outra vez, não jogou nada, e para aumentar a marcação, Pierre entrou no lugar de Tinga. Essa sim, surtiu efeito e o Palmeiras foi acalmando o jogo, tomando o controle para si. Eis então, que em um cruzamento, a bola pulou igual pipoca e quem achou? Jonas, chutou, e marcou. 1 x 2, mas ficou nisso.
Gostei da atitude do Palmeiras, vejo mostras de garra e força, mas fica a pergunta, agora vai? Só Deus sabe...

Atuações

Deola: vai se firmando e ganhando minha confiança e de todos os Palestrinos - 9,5.
Vítor: começa a melhorar, força! 7.
Maurício Ramos: fez bem seu papel, mas foi infeliz no gol deles - 6,5.
Danilo: não é o mesmo das últimas 2 partidas, agora sim é o Danilo titular - 8,5.
Rivaldo: foi regular, mas para a "ruindade" que ele vinha, foi ótimo! 6,5.
Edinho: grande partida! Souza simplesmente não jogou - 8,5.
Márcio Araújo: é... foi regular, no ataque, péssimo - 6.
Marcos Assunção: Titular absoluto e certeza de permanência. Controlou tudo ali no meio, fez 1 gol, cruzou para o outro, quer mais?! DEZ!
Tinga: grande primeiro tempo e só - 6.
Kleber: mediano, novamente muito bem marcado, ajudou muito o jogo do Ewerthon e por isso leva - 7.
Ewerthon: que permaneça assim... 8,5.
Valdivia: Não foi bem - 4,5.
Pierre: fez o seu papel muito bem, de melhorar a marcação no meio - 6.
Felipão: Simplesmente a melhor partida desde que assumiu o Palmeiras - 9,5.

CHUTEIRA DE OURO: Marcos Assunção

Continuar lendo -->

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Palmeiras 0 x 0 Vaxco

E para quem foi surpresa o resultado?
Sinceramente eu não sei o que pensar/dizer sobre esse time. Podem falar que temos que apoiar, que isso ou aquilo outro, mas não dá. Esse time só pode estar de sacanagem.
Rivaldo, até quando? Luan, até quando?
Valdívia no banco? Não tem jeito, ele não entra bem no segundo tempo, e é um fato.
Não sei qual jogo foi pior, do primeiro ou do segundo turno, contra o Vasco.
Hoje, sejamos francos, o Palmeiras atual está no lugar certo, no meio da tabela, pois é um time mediano, ou como bem disse nosso amigo do Forza Palestra, é um time IRRITANTE.
A goleada que sofremos do pequeno Atlético-GO, a virada que levamos dos marias, e os sofríveis empates contra Vasco e Vitória (nas atuais circunstâncias), mostram que estamos na posição correta.
Não vou nem comentar o jogo, pois não tem o que comentar.

Atuações

Deola: jogou bem, fez uma grande defesa - 8.
Vítor: O peso de uma camisa, o filme - 3.
Maurício Ramos: O menos pior dos piores - 5.
Danilo: razoável - 6.
Rivaldo: tenho dó de ver nosso manto neste corpo - 1 (para não ser chato).
Edinho: para mim, fraco - 4,5
Marcio Araujo: roubou algumas bolas, é verdade, mas mais o quê? 4.
Tinga: O peso de uma camisa, o retorno - 1,5
Ewerthon: foi Ewerthon e pronto. 4,5
Kleber: 2ª partida ruim pelo Palmeiras, não fez, mais uma vez, nada, pela garra e comprometimento - 6.
Luan: outro que tenho dó de ver vestindo nosso manto - ZERO
Valdivia: mais do de sempre, joga 10 minutos alucinantes, o restante nada, e como ainda se achou o craque, leva um - 3,5 (para acordar).
Patrik: a bola assusta alguns - 1,5.
Tadeu: qual seu estilo? 3.
Felipão: qual nosso esquema professor? Melhor definir... as rodadas estão passando rápido, e o Palmeiras caindo - 3.

Continuar lendo -->

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Vitória 1 x 1 Palmeiras (Até quando jogaremos de amarelo?)

Mais uma partida para o arquivos das piores. O Palmeiras jogou 10 minutos, no segundo tempo e mais nada.
Valdívia ficou no banco, mais para Felipão mostrar quem manda.
Kléber lutou, lutou, lutou e, muito por estar sozinho, não deu em nada.
O resto do time, bem... foi aquela "beleza"!!!
O jogador Rivaldo, para mim, pode ficar sentado no banco, que é melhor, não adianta, a camisa pesou para ele, a história que o nome dele carrega pesou, e ele não deu conta do tranco. Agora eu pergunto, quem sabe me dizer o último jogador que veio de time pequeno que deu certo no Palmeiras?
Marcos Assunção jogou fora de posição, e não fez nada enquanto estava assim, e outra, ele não vai marcar um gol de falta por jogo, podem esquecer isso. Nem os melhores nesse quesito conseguiam.
De positivo, salvemos as substituições de Felipão, no intervalo, Tadeu e Valdívia, no lugar de Luan e Pierre, puxando Marcos Assunção para trás, e dando a Tinga a função de apoiar a armação. Deu certo, ainda mais porque Valdívia entrou muito bem.
O gol deles saiu, mais uma vez, de uma falha da nossa zaga, que insiste em presentear o adversário com 1 gol todo jogo. O nosso gol, veio da tecla que sempre bato, TEM QUE CHUTAR, jogador hoje quer entrar com bola e tudo e fazer gol bonito, mas isso é para poucos. A maioria tem que chutar e ver no que dá... e ontem deu... rebote e gol.

Quero deixar uma pergunta: Por que diabos não jogamos de verde? Até quando vamos ver essa camisa amarela/verde-limão? Foi bonita quando lançaram, fez história (Paulista-2008) mas pronto, passou.

Atuações

Deola: tirando o lance com Maurício Ramos (ridículo), foi bem. Mas pelo lance... 5.
Marcio Araujo: Praticamente não apareceu - 6.
Mauricio Ramos: outro erro e ponto - 3.
Danilo: PÉSSIMO, fora a finta que levou - 2.
Rivaldo: Já era para ter saído. Pesou a camisa, o nome, tudo - ZERO.
Edinho: compensado pelo chute que originou o gol, mas fora isso foi horrível também - 6,5.
Pierre: mais uma vez, onde está o monstro Pierre? Seu problema na planta do pé é a origem da derrocada? Se for opera logo e bola para frente - 3.
Marcos Assunção: A pior partida desde que chegou no Palmeiras. Fica a pergunta, as outras foram boas devido a empolgação ou essa foi atípica? 3.
Tinga: A lista de péssimas atuações tem a sua presença. Será que é outro que está pesando a camisa? 3,5.
Luan: PÉSSIMO. 2
Kleber: não jogou nada contra as marias e agora de novo. Acredito que por estar muito sozinho na frente, convenhamos, ele não é centro-avante - 3.
Valdivia: Jogou os primeiros 10 minutos e só. Pelo lance em que ele deu as costas para o jogo... ZERO.
Tadeu: Errou quase tudo o que tentou, mas eu prefiro ele parado na marca do pênalti, pelo gol - 7.
Vítor: Vítor who? Mais um que a camisa pesou. Não fez 1 partida boa - ZERO
Felipão: Finalmente substituiu bem, mas mostrou que esse time, se conseguir ganhar algo é a Sul Americana - 6.

Palmeiras: dá lampejos de melhora e só. Um time que deixa virar um 2 x 0 em casa e jogando bem, depois leva um gol desses e faz uma partida medíocre, não tem cara de campeão. Sinceramente, se continuar assim, não acredito nem em Sul Americana - 3.

Continuar lendo -->

Verde que te quero ver

Continuar lendo -->

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Palmeiras 2 x 3 cruzeiro

Time mediano quando ganha de time grande é assim... se lambuza.
O cruzeiro ganhou, graças a um pênalti não marcado no fim do primeiro tempo e a "dormência" do nosso time.
No primeiro tempo fomos fantásticos. No segundo, ridículos.
O cruzeiro deu um pouco de sorte, pois Roger Chinelinho entrou com o "capeta no corpo" e fez o que quis.
Na minha opinião, mais uma vez Felipão trocou errado, pois o jogo não era para Ewerthon, era mais para Tadeu ou Luan. Como eu sempre digo, Felipão escala bem o time, arruma melhor ainda no intervalo, mas na hora de substituir ele está mal.
Mais um detalhe, anotem o nome de Thiago Ribeiro, o engraçadinho "zoou" o Palmeiras aqui. Aguarde, seu troco virá como o de muitos vieram... com vitórias e Títulos.

    Marcos: Enquanto jogou, perfeito - 9.
    Márcio Araújo: foi o que menos falhou, mas falhou - 4.
    Maurício Ramos: compensou pelo gol que fez, mas falhou também - 4.
    Danilo: PÉSSIMO - 1.
    Fabrício: PÉSSIMO - 2.
    Edinho: no primeiro tempo foi perfeito, no segundo ridículo - 3.
    Pierre: onde está o monstro Pierre? 3.
    Marcos Assunção: mediano, errou pouco, acertou pouco, foi normal - 6.
    Rivaldo: Rivaldo who? Não serve para o Palmeiras, mostra, jogo após jogo, que a camisa pesou - 3.
    Valdívia: Não deveria ter saído, já mostra melhoras e ritmo, começa a mostrar o futebol "El Mago" - 7.
    Kleber: Eu esperava mais, não jogou nada, e ainda perdeu a bola que deu início ao segundo gol - 3.
    Deola: fazer o que, faltou sorte - 6.
    Tinga: Foi um "cego em tiroteio", entrou no lugar de um jogador que é ídolo e monstro para a torcida, em uma posição que não é dele, em um momento complicado, não fez nada, óbvio - 6.
    Ewerthon: como gosta de estar impedido... Isso se chama falta de inteligência. E teve azar também pois chutou uma bola tirando do Fábio que era gol certo, ela não entrou - 4,5.
    Felipão: Escalou bem, mexeu errado. E muito. Está na hora desse Palmeiras mostrar resultados - 1.

    Palmeiras: Está na hora de mostrar resultados e ser o time grande que é. Nossa zaga continua a ser ridícula mesmo com um técnico totalmente experiente em zagas. O time não tem toque de bola, não tem volume de jogo e se desliga das partidas de forma ridícula. Felipão ainda tem crédito, mesmo porque algumas peças ainda estão se adaptando (caso de Valdívia). Outras ainda não mostraram porque vieram (Rivaldo) outros acredito que, no final do ano não ficam (caso de Ewerthon e do cobrador Lincoln que nunca fez nada). Felipão sofre um pouco por ter peças que ele não pediu, que são restos escrementais de AC Zago e Muriçoca. É incrível como o Palmeiras não se acerta desde 2009, e a merda parece não ter fim. Perder um jogo após estar ganhando por 2x0 e jogando bem, não existe.

Continuar lendo -->