segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Botafogo 0 x 0 Palmeiras

Mais um empatezinho para a conta do Palmeiras. Visto o jogo ter sido la no Rio, El Loco ter perdido um pênalti, e a péssima atuação no primeiro tempo, ganhamos 1 ponto.
Sim, era a nossa grande chance de estar a 4 pontos do G3, entretanto, com o empate, estamos a 6.
O jogo foi muito ruim, o primeiro tempo foi sofrível.
Kléber e Valdívia estavam muito bem marcados e não jogaram nada. Tinga, que seria o diferencial, mas não foi.
Nossa defesa vinha fazendo boas partidas mas essa foi para esquecer. Nossa defesa tentou dar o gol para o Botafogo, mas não conseguiu.
No segundo tempo, o Palmeiras voltou melhor, dominou o meio campo e o Botafogo se fechou atrás com 5 jogadores na defesa. Então Felipão fez o que a torcida sempre pede, tirou Rivaldo e colocou Lincoln. O time então melhorou? Incrivelmente NÃO! O time piorou, Lincoln se escondeu, e o Botafogo ocupou os espaços que o Palmeiras tinha tomado, passou a atacar pelas laterais e ficamos muito próximos de levar um gol.
Felipão então sacou Valdívia e colocou Dinei, ficando com Edinho atrás, Tinga e Marcos Assunção no meio e Lincoln fantasma isolado na frente, obviamente, não funcionou e Deola fez grandes defesas.
No final, o Palmeiras teve a grande chance com Dinei, que chutou prensado, dentro da área, a bola ia encobrindo Renan, que estava no movimento para pegar no chão, como um ninja ele saltou e deu um tapa na bola que tinha endereço certo. Assim, ficamos no 0 x 0.
Analisando friamente, não foi bom, mas não foi ruim. Pelo jogo, foi ótimo. Estamos no 9º lugar, 6 pontos do G3 e a 11 do líder, os marias. Se o resultado contra elas no Pacaembú tivesse sido diferente, eles não seriam líderes, o Flu teria 52 pontos, nós 46, estava tudo aberto. Faltando nove rodadas, muita coisa ainda é possível.
O Cruzeiro ainda tem algumas pedreiras, o Grêmio no sul, o Galo (que é sempre forte no clássico), São Paulo (c), Corinthians (f), Flamengo (f), Vitória (f), Prudente (f), Vasco (c) e Palmeiras (c). Ou seja, uma tabela complicada. Com certeza o time perderá pontos nesses jogos.
O Fluminense, é o cavalo paraguaio do ano, coincidentemente está com Muricy e acontecendo o mesmo que o Palmeiras ano passado. Sem falar que também tem uma tabela complicada: Botafogo (c), Atlético-PR (f), Grêmio (c), Internacional (f), Vasco (c), Goiás (c), São Paulo (f), Palmeiras (f), Guarani (c).
O Corinthians, depois da saída do Adilson, acredito ter dado adeus a alguma coisa, tem tabela complicada também, enfrenta quem está na sua frente e tentando tomar seu lugar.
O Palmeiras, para mim, tem a tabela menos difícil dos que estão na frente. Os dois jogos mais difíceis, são os dois últimos, contra o Fluminense e o Cruzeiro. Temos o jogo com os gambás, mas esses são fregueses.
Muitos acham impossível, acho que seja bem difícil, ainda mais se formos avançando na Sul Americana.

Atuações


Deola: substituto de Marcos, com certeza! 9,5.
Marcio Araujo: errou tudo que tentou - 2,5.
Mauricio Ramos: partida GIGANTESCA, se não fosse ele, teríamos perdido - DEZ.
Danilo: jogou muito mal também - 2,5.
Gabriel Silva: causou o pênalti, mas no geral foi normal - 6.
Edinho: parou o meio de campo do Botafogo e ainda deu passes interessantes - 7,5.
Marcos Assunção: foi mediano - 6,5.
Tinga: boa partida tática, mas muito sem ritmo - 6.
Rivaldo: outro que foi mediano, está precisando de um pouco mais de sorte - 6,5.
Valdivia: não jogou. Mas levou o 3º amarelo se garantindo no jogo contra o corintinha - 3.
Kleber: garantido no clássico também, expulso, ao meu ver, injustamente, pouco fez - 6.
Lincoln: apenas o seu espírito entrou em campo, o corpo estava em outro lugar, não fez nada - 1.
Dinei: se tivesse feito o gol, levava 8, como não fez mais nada - 5.
Felipão: fez o básico, mexeu certo, com o que tem, está muito bom - 7.

Chuteira de Ouro: -

0 comentários: